Orienta-te Redes Sociais

Emprego

CVitt: Os currículos já não são o que eram

Mudam-se os tempos, mudam-se os currículos. O CVitt é uma plataforma gratuita que permite criar currículos personalizados, onde não entram só as habilitações literárias e a experiência profissional

Texto de Pedro Santos Ferreira/ JPN • 25/03/2013 - 22:58

Distribuir

Imprimir

//

A A

O CVitt é uma ferramenta que permite criar um currículo personalizado, baseado nos talentos, hobbies e capacidades adicionais. Para os que estão prestes a entrar no mercado de trabalho e para os que já procuram emprego mas não o conseguem encontrar, a plataforma pode marcar a diferença.

 

"As pessoas não são só aquilo que nós conseguimos ver a nível profissional, são muito mais do que isso", afirma Marco Viela Gomes, director da Ray Human Capital, responsável pelo CVitt, em Portugal. Em entrevista ao JPN, o director explica que a ideia surgiu com um estudo feito para a empresa, que indicava que apenas 7% dos trabalhadores se revia nos seus CV's tradicionais.

 

Com várias funcionalidades, a plataforma permite aos candidatos receberem feedback por parte de outros utilizadores e dá, ainda, a possibilidade de comparar currículos na mesma área profissional. Já as empresas registadas, podem criar perfis corporativos baseados em três dimensões (expectativas, talentos e trajectórias) que permitem encontrar, de uma forma organizada, os candidatos mais adequados.

 

Para criar um currículo, basta aceder ao site, registar-se e responder ao questionário, que não está apenas interessado nas habilitações literárias. Segundo Marco Gomes, a "plataforma acaba por ser um espaço de conhecimento e auto-conhecimento". O responsável pelo projecto a nível nacional, admite que a ferramenta está a ter sucesso e começa a despertar o interesse dos candidatos, empresas e redes sociais.

 

O CVitt está a ser lançado em vários países. Em Portugal, conta já com mais de 40 mil utilizadores.

Eu acho que

Pub

Videoclipe.pt

Arquitectura

Fica na Avenida Camilo, no Porto, e ocupa uma área total de fazer inveja: 5800 metros quadrados. Bem-vindos à BLIP, empresa tecnológica portuguesa, detida por...

Mariana ajuda-te a organizar a casa...

The White Room // Mariana Vidal deixou a indústria da moda para se tornar organizadora de espaços...