Pexels

Tecnologia

Uma app para curar corações partidos

Queres recuperar de um desgosto amoroso? Eles garantem que encontraram a solução: Mend

Texto de Diana Barros • 22/02/2017 - 18:51

Distribuir

Imprimir

//

A A

Mend é uma aplicação que cola corações partidos. Através do contacto com uma comunidade que passou pelo mesmo e de um "programa de treino" com perguntas, respostas, escalas e sugestões, a Mend promete guiar os que têm o coração partido por um caminho mais rápido para a recuperação.

 

Para começar, basta escrever o nome ou criar uma conta — Let's mend. Depois são necessárias algumas informações acerca da separação: quando aconteceu e quando foi o último contacto com o respectivo ex. O próximo passo é traduzir o impacto da separação para uma escala numérica. Já está tudo pronto para começar o programa de recuperação. O utilizador é apresentado a Elle – avatar da fundadora Elle Huerta – que o guia por perguntas e ouve, ou melhor lê, as respostas dadas.

 

O que pode uma app responder a alguém que está a passar por uma separação? A fundadora explicou ao Observer que na construção da aplicação optou por não ser prescritiva e dar conselhos sem tentar "plantar ideias" nos utilizadores. O utilizador ouve a reposta e pode dizer se sentiu melhor, pior ou igual depois de a ouvir.

 

A app vai contando há quantos dias já não se contacta com o ex e avalia a evolução do utilizador. Além de todas estas funcionalidades, o utilizador tem ainda acesso a uma área onde pode registar tudo o que fez para esquecer a dor e avaliar como cada actividade o fez sentir — praticar desporto, voltar a contactar o ex ou simplesmente sair são algumas das hipóteses.

 

Uma app que é apenas uma app

Mas não será demasiado para uma app – mesmo para uma com tantas funções – ? Na página inicial, surge uma mensagem que relembra que esta aplicação é apenas uma aplicação. "Não se pretende substituir o conselho de profissionais, diagnóstico e tratamento médico, psicoterapia e serviços de saúde mental."

 

Sobre o nascimento da Mend a fundadora, Elle Huerta, explica que a ideia surgiu naturalmente quando estava a recuperar de uma separação. "Encontrei muitos conselhos cliché online, mas nada que fosse ao encontro do que pretendia", explica a fundadora. Elle começou a construir uma página de Internet.

 

A comunidade Mend começou por ser ouvir histórias de outras separações e dicas para ultrapassar o fim do relacionamento, mas não chegava. Decidiu criar uma app e em Julho de 2016 lançou-a para iOS. A aplicação pode ser descarregada e utilizada gratuitamente, mas tem uma versão paga. A Mend ainda só está disponível para iOS.

Voltar ao topo

|

Corrige
Eu acho que