Emprego

Web Summit abriu dez vagas para contratação

As vagas dizem respeito às áreas de produção, consultoria, engenharia de "software" e análise de dados

Texto de Lusa • 05/09/2016 - 16:48

Distribuir

Imprimir

//

A A

O Web Summit quer contratar colaboradores para a sua equipa e tem neste momento mais de dez vagas abertas em áreas como a produção, consultoria, engenharia de "software" e análise de dados. "O Web Summit não acontece sozinho. É necessária uma equipa brilhante para o pôr de pé. Por isso mesmo, estão à procura de mais pessoas para se juntarem à equipa do principal evento de tecnologia do mundo", diz a organização em comunicado enviado à Lusa, liderada por Paddy Cosgrave, e que terá como palco Lisboa, em Novembro.

 

As oportunidades são "para todos", dizem os organizadores, explicando que as vagas vão desde a equipa de produção, que trabalha na logística do evento, passando pela equipa de engenharia, que se dedica a ligar as pessoas através das suas "apps" (aplicações) próprias, pela equipa de alinhamento do evento, que reúne os conteúdos e trata da agenda do evento, até à equipa de consultores de confiança.

 

O Web Summit conta neste momento com mais de 150 colaboradores, que trabalham quer nesta iniciativa quer nos seus outros eventos internacionais, como RISE, Collision e MoneyConf, "mas querem contratar mais pessoas para trabalhar na produção e entrega do Web Summit e dos outros eventos globais".

 

No que diz respeito à equipa de consultores de confiança, os organizadores do Web Summit detalham que a equipa recruta e trata da relação com parceiros e empresas como a Google, Facebook, Intercom, Box, KPMG, Audi, CocaCola, e centenas de outros em todas as suas conferências: Web Summit em Lisboa, RISE em Hong Kong, MoneyConf em Madrid, e Collision em Nova Orleães.

 

As oportunidades de emprego podem ser consultadas aqui. O Web Summit é uma conferência global de tecnologia que decorrerá este ano em Lisboa (e nos dois anos seguintes), onde são aguardados na edição de 2016 mais de 50.000 participantes de mais de 150 países, incluindo mais de 20.000 empresas, 7.000 presidentes executivos e 2.000 jornalistas internacionais. Entre os oradores, estarão os fundadores e presidentes executivos das maiores empresas de tecnologia, bem como importantes personalidades das áreas de desporto, moda e música.

Voltar ao topo

|

Corrige
Eu acho que