Orienta-te Redes Sociais
Em 2010 o sector tinha crescido

Em 2010 o sector tinha crescido Pedro Cunha

Indústria

Mercado dos videojogos cai 7% no primeiro semestre

Compra de acessórios de jogo aumentou, mas venda de consolas caiu

Texto de João Pedro Pereira • 09/11/2011 - 12:55

Distribuir

Imprimir

//

A A

O sector dos videojogos em Portugal – que inclui a venda de jogos, consolas e acessórios – facturou 61 milhões de euros no primeiro semestre deste ano, menos 7% do que no semestre homólogo, segundo dados da empresa de estudos de mercado GfK.

 

A compra de acessórios de jogos teve um aumento de 20%, mas os números indicam que a venda de consolas caiu 15% e a de jogos, 6%. Segundo dados fornecidos ao PÚBLICO, os jogos para consola facturaram cerca de 29,5 milhões de euros e os jogos para PC rondaram os 2,6 milhões durante a primeira metade deste ano.

 

Em 2010, já em período de crise, a venda de videojogos tinha conseguido crescer em Portugal – mesmo num ano em que, de acordo com análises anteriores da GfK, a compra dos restantes produtos de electrónica de consumo estava em queda.

 

A consultora aponta ainda uma quebra significativa no segmento do vídeo, correspondente, na primeira metade de 2011, a menos 29% de volume de negócio.

 

“O blu-ray, a tecnologia que permite visualizar filmes em alta definição, não está a ter o impacto previsto, de certa forma causado pelo seu surgimento no mercado português, já durante a crise económica”, analisa um comunicado da GfK. “Este tipo de tecnologia tem estado também em queda, registando o primeiro semestre deste ano, menos 11% de negócios”.

Eu acho que

Pub

Videoclipe.pt

Congresso

Gig, Uber, Sharing. A economia adoptou novos nomes e conceitos. Rodeou-se de tecnologia. Há quem fale em mais liberdade e quem tema mais exploração. Afinal,...

A realidade nua e crua de um parto...

Fotografia // "Alerta: um parto é acontecimento bonito, mas é também turbulento e...