Orienta-te Redes Sociais
Em 2010 o sector tinha crescido

Em 2010 o sector tinha crescido Pedro Cunha

Indústria

Mercado dos videojogos cai 7% no primeiro semestre

Compra de acessórios de jogo aumentou, mas venda de consolas caiu

Texto de João Pedro Pereira • 09/11/2011 - 12:55

Distribuir

Imprimir

//

A A

O sector dos videojogos em Portugal – que inclui a venda de jogos, consolas e acessórios – facturou 61 milhões de euros no primeiro semestre deste ano, menos 7% do que no semestre homólogo, segundo dados da empresa de estudos de mercado GfK.

 

A compra de acessórios de jogos teve um aumento de 20%, mas os números indicam que a venda de consolas caiu 15% e a de jogos, 6%. Segundo dados fornecidos ao PÚBLICO, os jogos para consola facturaram cerca de 29,5 milhões de euros e os jogos para PC rondaram os 2,6 milhões durante a primeira metade deste ano.

 

Em 2010, já em período de crise, a venda de videojogos tinha conseguido crescer em Portugal – mesmo num ano em que, de acordo com análises anteriores da GfK, a compra dos restantes produtos de electrónica de consumo estava em queda.

 

A consultora aponta ainda uma quebra significativa no segmento do vídeo, correspondente, na primeira metade de 2011, a menos 29% de volume de negócio.

 

“O blu-ray, a tecnologia que permite visualizar filmes em alta definição, não está a ter o impacto previsto, de certa forma causado pelo seu surgimento no mercado português, já durante a crise económica”, analisa um comunicado da GfK. “Este tipo de tecnologia tem estado também em queda, registando o primeiro semestre deste ano, menos 11% de negócios”.

Eu acho que

Pub

Videoclipe.pt

Contracepção

Do ponto de vista médico, as pílulas de nova geração são mesmo aconselhadas no “tratamento adjuvante” da acne. “É uma enorme vantagem intervir ao nível...

Entre casais também há violações

Vídeo // A realizadora Chloé Fontaine chamou à curta metragem Je suis ordinaire — o que...