Orienta-te Redes Sociais
Raquel Lacerda e João Antunes são autores do blogue "les bons vivants"

Raquel Lacerda e João Antunes são autores do blogue "les bons vivants"

Les Bons Vivants

James Jardine/Flickr

Crónica

Cogumelos? Sim, por favor

Aqui ficam algumas ideias do que fazer com cogumelos, sendo claro que se pode adaptar as receitas e experimentar com outros tipos de cogumelos diferentes

Texto de Les Bons Vivants • 02/08/2013 - 19:20

Distribuir

Imprimir

//

A A

De entrada, como acompanhamento, passando por prato principal, com cogumelos só falta mesmo ser inventada uma sobremesa (ainda não conhecemos nenhuma). Salteados, panados, assados, enfim, de diversas maneiras, são sempre bem-vindos.

 

Aqui ficam algumas ideias do que fazer com cogumelos, sendo claro que se pode adaptar as receitas e experimentar com outros tipos de cogumelos diferentes. Fica ainda a dica: tomilho, sal e alho são os três ingredientes que mais realçam o sabor dos cogumelos.

 

Creme de cogumelos – este creme de sabor bastante acentuado, é uma boa entrada para servir ao jantar. Numa panela aquece azeite, junta depois uma colher de sopa de manteiga e 3 dentes de alho picados. Deixa refogar e depois junta cerca de 300 gramas de cogumelos previamente lavados e cortados (podes usar mais do que um tipo), meia colher de sopa de tomilho fresco, louro e duas colheres de chá de molho inglês. Deixa cozinhar em lume médio durante cerca de 5 minutos. De seguida junta uma chávena de caldo de galinha ou vegetais, deixa ferver e reduz o lume, deixando a cozinhar durante mais 10 minutos. À parte mistura uma colher de sopa de farinha numa colher de sopa de água e junta isso ao preparado, mexendo sempre até começar a ganhar cremosidade. Tempera com sal e noz-moscada. Por fim, acrescenta meia chávena de leite e meia chávena de natas, mexe bem e desliga o lume. Podes triturar um pouco o creme se quiseres. Quando servires tempera com mais pimenta (receita adaptada daqui)

 

Risotto de cogumelos – começa-se por fazer o caldo: sua-se alho francês, cebola, alho, cenoura, talos de cogumelos e tomilho num fio de azeite, refresca-se com vinho branco e junta-se água até cobrir o tacho; tempera-se de sal e deixa-se ferver em lume brando pelo menos meia hora. À parte salteiam-se os cogumelos com alho picado e tomilho e reservam-se. Para a preparação final do risotto, começa-se por fritar o arroz (arbóreo, carnaroli ou vialone, próprios para risotto) num fio de azeite com cebola picada. Refresca-se com vinho branco e a partir daqui inicia-se a técnica de introdução progressiva do caldo. Vai-se juntando caldo (que deve estar a fervilhar num tacho à parte) e mexendo. À medida que o arroz vai absorvendo o caldo junta-se mais. O processo demora cerca de 20 minutos, mas o melhor é ir provando para garantir que o arroz fica al dente. Quase no fim da cozedura juntam-se os cogumelos previamente salteados. Para finalizar, já fora do lume, junta-se uma noz de manteiga, queijo parmesão ralado e pimenta.

 

Cogumelos recheados de alheira com ovo de codorniz – óptimo petisco e fácil de fazer, receita aqui.

 

Cogumelos salteados com orégãos – nada mais simples que saltear cogumelos, para entrada ou acompanhamento. Num fio de azeite aquecido, salteia os cogumelos previamente lavados e cortados, junta alho picado e tempera-os com sal e pimenta. No fim, junta orégãos.

 

Já que falamos em cogumelos, sugerimos que conheçam o eco gumelo, uma ideia original que permite colher cogumelos... em casa!

Eu acho que

Pub

Videoclipe.pt

Audio

Laura quer que as pessoas entrem no atelier dos artistas "com um clique"

Cidadania

Nas escolas de Pedro Aibéo, aprende-se música como uma língua materna — e procura-se uma solução para os músicos que não conseguem sobreviver desse ofício....

“Continua a valer tudo nas ofertas de...

Entrevista // Plataforma de denúncia de emprego precário e ilegal Ganhem Vergonha reuniu...