Orienta-te Redes Sociais

DR

Reino Unido

Jack Monroe, a blogger de 24 anos que cria receitas saudáveis por menos de um euro

Editora Penguin vai publicar, no Reino Unido, livro com as receitas que uma blogger de 24 anos cozinhou com o pouco dinheiro que tinha nos últimos 18 meses

Texto de Ana Dias Cordeiro • 13/05/2013 - 11:49

Distribuir

Imprimir

//

A A

Jack Monroe é a sua nova identidade. Data da crise, ou de quando a crise entrou pela sua vida dentro há um ano e meio. Na realidade, nasceu Melissa. Mas a vida trocou-lhe as voltas. A forma que encontrou para protestar contra o caminho seguido pelos governantes no Reino Unido foi criar um blogue. E para ele, precisava de um outro nome diferente.

 

O blogue chama-se A girl called Jack, reúne dezenas de receitas económicas para refeições saudáveis e equilibradas e tornou-se num dos mais recentes fenómenos da crise — não só porque inspirou milhares de pessoas obrigadas a sobreviver com muito pouco (tem 16 mil leitores regulares e muitos mais que visitam o seu blogue todos os dias) mas também porque serve de guia para os bancos alimentares de todo o país.

 

As circunstâncias em que o blogue nasceu não foram as mais felizes, costuma dizer, mas a crise deu-lhe razão. Jack Monroe conta no blogue que todos os dias recebe emails de famílias que passaram a viver mal. Também lhe chegam mensagens de bancos alimentares de vários pontos do Reino Unido a dizer-lhe o quanto as suas receitas são úteis para pessoas necessitadas, pessoas que passaram a cozinhar refeições saudáveis e equilibradas com o muito ou pouco que resta no fundo dos seus frigoríficos.

 

Uma mãe solteira de 24 anos

Jack Monroe é uma mãe solteira de 24 anos com consciência política. Passou a cozinhar com muito pouco, por necessidade. As suas refeições podem variar mas o seu custo não vai além dos 49 pence (de libra) — cerca de 58 cêntimos do euro. Por semana, não gasta mais de 10 libras, ou seja 12 euros. O blogue mudou a vida de muitas pessoas, incluindo a sua. Na semana que passou, confirmou aos fãs aquilo que circulava, como rumor, nas redes sociais. “É verdade, assinei com a Penguin.”

 

A prestigiada editora vai publicar um livro de 100 receitas assinadas por ela na Primavera de 2014. Citada no site The Bookseller, a responsável dos livros de cozinha da Penguin Lindsay Evans disse: "Jack Monroe é uma voz fresca e nova para os nossos tempos. (...) Não só conseguiu garantir a sua alimentação e a do seu filho por menos de 10 libras [12 euros] por semana mas fê-lo descobrindo receitas deliciosas e nutritivas, e todas dentro desse orçamento. Mais importante ainda é que ela pode agora mostrar-nos como fazer o mesmo."

 

Uma tendência também em Portugal

Em Portugal, existem páginas na Internet com receitas económicas e vários livros sobre o tema têm sido publicados. "Receitas Low-Cost de Filipa Vacondeus" ou "Praça da Alegria — Receitas Económicas" são apenas dois exemplos. Também a Direcção-Geral de Saúde lançou recentemente um livro "Alimentação Inteligente — Coma melhor poupe mais", que se apresenta como um manual para as compras e cozinha em tempo de crise.

 

No Reino Unido, Jack Monroe tornou-se a principal referência nesta matéria. Nos longos "posts" que publicou nesta última semana, partilha com leitores e fãs a sensação de começar a perder os benefícios do anonimato. Desde que foi entrevistada no BBC Breakfast do passado fim-de-semana, quadruplicou o número de seguidores na sua conta do Twitter (são agora mais de 4500). E, no supermercado, toda a gente espreita o que leva no cesto, conta animadamente. Ganham-se outras coisas, parece dizer: “Adoro quando as pessoas me enviam fotografias do seu jantar por Twitter. Ou quando as pessoas me mandam mensagens dizendo quanto dinheiro pouparam nas compras do supermercado.”

 

Lê o texto completo no PÚBLICO

Eu acho que

Pub

Videoclipe.pt

Fotografia

A Lilly foi a primeira companhia e “o primeiro amor” de quatro patas de Jasmina Lozar. “Quando a adoptei tinha agressivos ataques de asma e ela levava-me em...

A realidade nua e crua de um parto...

Fotografia // "Alerta: um parto é acontecimento bonito, mas é também turbulento e...