Desporto

Roller Derby Porto: elas são intrépidas, combatem de patins e precisam de fundos

Esta sexta-feira 13, o Hard Club recebe o "Metal on Wheels", um evento de angariação de fundos para a primeira liga portuguesa feminina de "roller derby"

Texto de Amanda Ribeiro • 13/04/2012 - 16:20

Distribuir

Imprimir

//

A A

Bloodrunner, Cruz McPain, Dani Hell. Os nomes de guerra ("derby names") já dizem tudo — elas são duras, aguerridas, intrépidas. Para além de praticarem "roller derby", ainda tiveram de o inventar cá em Portugal. Formaram a liga Roller Derby Porto e agora estão à procura de financiamento. Para isso, programaram o "Metal on Wheels", um evento de angariação de fundos para a primeira liga portuguesa feminina deste curioso desporto que assim tentará custear as despesas de aluguer do pavilhão de treinos e de compra de material.

 

Mas afinal o que é o "roller derby"? "Whip It", filme de 2009 realizado por Drew Barrymore, já deu umas quantas pistas para compreender este desporto bastante popular nos EUA. "É um jogo de velocidade e contacto", conta Marta Carvalho, Bloodrunner quando calça os patins, fundadora da liga. É praticado numa pista oval por duas equipas de cinco elementos cada. Apenas o "jammer" marca pontos, ultrapassando os restantes jogadores e assim dando o máximo de voltas possíveis à pista (ver vídeo à esquerda). Nódoas negras, escoriações e algumas fracturas são o pão nosso de cada dia deste jogo que tem fama de ser violento — lá está, os "derby names" só fazem jus ao ambiente. 

 

E como é isto chegou a este rectângulo à beira-mar plantado? Depois de assistir a uns quantos jogos nos EUA, Marta não descansou enquanto não conseguiu importar o conceito. Percebeu que por cá não havia nenhuma equipa ou liga, por isso assumiu ela própria a tarefa. A arma secreta foi, claro, o Facebook. Em Outubro do ano passado arrancavam, no Pavilhão Infante Sagres, os primeiros treinos da Roller Derby Porto.

 

A pouco e pouco, a equipa foi-se formando. Hoje já são 20 praticantes, sendo que sete pertencem às "All-Stars", a equipa principal. O primeiro jogo deverá acontecer algures entre Setembro e Outubro, quando a liga celebra o primeiro ano, e as oponentes deverão ser, muito provavelmente, estrangeiras. Por enquanto, elas já vão dando nas vistas — em Fevereiro desceram a Avenida da Boavista de patins e também já andaram a distribuir panfletos em Matosinhos. A mensagem: "Wanted Roller Derby Girls."

 

Esta sexta-feira 13, o Hard Club recebe as bandas (Equaleft, Unfolded Vision, Deadby Pregnancy), os DJ (Kisto Kutabari e Just Honey) e os patins. Elas vão estar lá sobre rodas e "qualquer pessoa está convidada para patinar", garante Marta. 

Voltar ao topo

|

Corrige
Eu acho que