Elvis, Marilyn e hambúrgueres XXL chegam a Viseu

autoria Andreia Cunha

// data 18/11/2016 - 14:51

// 11413 leituras

Audio

Jessica Rabbit dá as boas-vindas e Elvis Presley permanece sentado, no fundo da sala, a cantar e a tocar guitarra. "Jailhouse Rock" é a música que sai da jukebox e ficamos logo com vontade de dançar — a Estátua da Liberdade e Marilyn Monroe estão atentas a todos os movimentos. Estamos em Viseu, em 2016, mas estamos nos EUA, nos anos 50. No Diner Pin-UP, localizado na Rua Doutor Luíz Ferreira, o conceito americano é evidente no espaço com quadros alusivos aos anos 50, pendurados nas paredes pintadas a cor-de-rosa e a azul, e nas "pin-up" que nos servem hambúrgueres que podem pesar até um quilo (seja um Pin-Up, um Léa´s Bacon ou um Big Mama). Sentados em sofás com riscas brancas e azuis, esperamos que uma “garçonete” de vestido azul e fita na cabeça chegue com um cesto cor-de-rosa, envolto num papel a combinar com as tiras do avental. À nossa frente, temos um hambúrguer que mal conseguimos agarrar com as duas mãos — quanto mais dar uma trinca. O esforço é recompensado pelo sabor da carne e do acompanhamento: as batatas fritas, as rodelas de cebola (o menu ronda os nove euros) e um molho à escolha (que pode ser a receita secreta da casa, com vestígios de mostarda e caril). Para sobremesa, brownie, banana split, crepes e "milk shake" tamanho XL são algumas das especialidades. Difícil é ter espaço no estômago. O recente espaço de Alcides Ferreira e Daniel Pinheiro é a continuação de um projecto que já tem sucesso em França e nos EUA. “O nosso objectivo é levar o cliente a viajar até aos anos 50”, aponta Alcides, também vestido a rigor — camisa branca, suspensórios às riscas e laço preto ao pescoço. “Os nossos produtos são comprados em França e na América e existem segredos exclusivos da nossa cozinha que não podemos revelar”, conta ao P3. A 4 de Novembro abriram o espaço ao público e os estudantes são agora os principais clientes, uma escolha que lhes permite pôr a conversa em dia e tirar umas fotografias para o Instragram ou Facebook. No entanto o Diner Pin-Up é para todas as idades e para todos os que gostam de um bom hambúrguer. “Também recebemos muitas pessoas que viveram os anos 50 e gostam de vir cá para relembrar”, explica Alcides Ferreira. Ainda é cedo para expandir o conceito, mas a ideia dos dois sócios é percorrer Portugal de Norte a Sul e abrir um espaço semelhante nas cidades principais. “Em Portugal podemos abrir cerca de 80 restaurantes. Daqui a meio ano, já estamos a pensar abrir em Aveiro”. Mais hambúrgueres, mais batidos e “A Little Less Conversation” cada vez mais perto de ti.

Eu acho que