A monocelha conquistou (finalmente) o mundo da moda?

autoria P3

// data 12/09/2017 - 10:37

// 9249 leituras

A monocelha da estudante e modelo cipriota Sophia Hadjipanteli é o centro das atenções na faculdade que frequenta e começa a sê-lo também nas redes sociais. A sua conta de Instagram, seguida por mais de 58 mil pessoas, está repleta de comentários polarizados: há quem considere Sophia corajosa por assumir uma comum característica genética e há quem a critique negativamente por tentar "dobrar" aquilo que são considerados os padrões de beleza vigentes. "Não estou a fazer isto para convencer as pessoas a gostar [da minha monocelha], apenas a mostrar-lhes que podem simplesmente viver a sua vida assumindo uma preferência. Pessoalmente, acho que a minha cara fica mais bonita assim. Há quem discorde e eu não tenho nenhum problema com isso", disse à revista Harpers Bazaar. "Se eu gosto, deixem-me gostar." As sobrancelhas de Hadjipanteli foram alvo de intensa manutenção desde o período da adolescência, o que nunca a incomodou; os cuidados de beleza não são um fardo para a cipriota. "Tenho uma monocelha por opção. Também uso maquilhagem porque é divertido. Não é porque abraço uma parte de mim que é natural e porque uso maquilhagem ao mesmo tempo que devo ser considerada hipócrita. Até porque a maior parte do meu corpo está livre de pêlo." Sophia não compreende por que é que a sua rebelião contra a ditadura da sobrancelha modelada é tão polarizadora. "Quando olho para a minha monocelha, vejo-a como se se tratasse de eyeliner ou batom. Daqui a cinco anos talvez olhe para trás e pense 'esta foi uma fase gira!'. Sei que não estarei pronta a seguir em frente até sentir que as pessoas se aceitam mutuamente, independentemente dos traços específicos dos seus rostos." Sophia fez, recentemente, um retrato de homenagem a Frida Kahlo [a fotografia número 12 desta fotogaleria], a pedido de muitos seguidores do Instagram. "Não quis apropriar-me da imagem dela", ressalva. "Sempre admirei Kahlo e sempre pensei que era muito bonita — cheguei mesmo a desenvolver um projecto sobre ela durante a escola preparatória, antes de ter estas sobrancelhas." 

Eu acho que