De expedição em expedição, de telemóvel no bolso

autoria P3

// data 23/02/2018 - 13:40

// 4094 leituras

Foi da Nova Zelândia para a Antárctida com um iPhone no bolso. Missão: fotografar a vida selvagem nos habitats gelados, usando apenas a câmara e aplicações de edição do telemóvel. Depois da primeira expedição polar que acompanhou, John Boziniv, fotógrafo profissional de aventura “fã de imagens limpas e autênticas”, acabou por voltar ao Pólo Sul nem um ano depois. É por lá que ainda anda, até ao final de Março de 2018, à procura de pinguins, baleias, focas, ursos polares, icebergues e acesso à Internet, para conseguir partilhar algumas fotografias na sua conta de Instagram. As que foram captadas na Antárctida são sempre acompanhadas pela hashtag #ShotonIphone, dispositivo que, quando não está apontado às paisagens caiadas de branco e azul, fica sempre guardado num bolso interior, junto ao peito do fotógrafo neozelandês, protegido das temperaturas extremas.

Eu acho que