Um “paraíso” chamado Indonésia

autoria P3

// data 03/11/2017 - 13:59

// 5061 leituras

Durante três meses, Francisco Antunes dedicou-se a dominar as ondas do Índico. Depois de uma primeira visita relâmpago à Indonésia em 2016, o fotógrafo freelancer de 26 anos regressou este ano às ilhas que tanto o apaixonaram. Objectivos: "Evoluir como fotógrafo, fazer crescer o meu portefólio e principalmente viajar". Tanto "conhecer novos sítios, pessoas e culturas", como surfar "nalgumas das melhores ondas do mundo".  De Sumatra a Bali, passando por Java, Lombok, Sumbawa e outras pequenas ilhas mais remotas, o jovem portuense andou de prancha às costas, a enternercer-se com a "generosidade e bondade" das pessoas. "É um sítio onde tenho e fiz amigos para uma vida", conta por email ao P3. Um "paraíso" de beleza estonteante, apenas perturbado pelo grande problema da poluição. O seu trabalho fotográfico pode ser visto no site do seu projecto, o Get Lost Photography. Uma outra forma de dizer o derradeiro adeus ao Verão e iniciar a contagem decrescente para as próximas férias. 

Eu acho que