Crónica “instagramática” de um português no Oriente

autoria P3

// data 12/10/2017 - 11:44

// 2469 leituras

O fotojornalista Gonçalo Lobo Pinheiro, natural de Lisboa, mudou-se de armas e bagagens para Macau há sete anos e a sua vida nunca mais foi a mesma. A sua conta de instagram, um reflexo dessa revolução, permite-nos hoje um vislumbre sobre o que significa viver em Macau, mas não só; grande parte das imagens que partilha espelham o amor que sente pelas viagens. São sobretudo os destinos a Oriente que o movem: gentes e paisagens de Hong Kong, Japão, Myanmar e Vietname constam das imagens que partilha, via Instagram, com os seus 1500 seguidores. Algumas delas têm sido distinguidas em concursos internacionais de fotografia; o último exemplo é o da fotografia Stay Tuned, distinguida a 4 de Outubro pelo International Photography Awards (IPA), na vertente profissional do concurso. Em Portugal, o fotojornalista colaborou com o jornal A Bola, o PÚBLICO, o I, o Expresso, o Correio da Manhã, o Comércio do Porto e também com o Washington Post; em Macau, presentemente, é coordenador fotográfico da revista Macau.

 

O fotógrafo já publicou no P3 os projectos No Cárcere da Pobreza, Macau 5.0 e Myanmar: o quotidiano de um país interdito e, em 2014, retratou os protestos em Hong Kong

Eu acho que