As paisagens irreais de um fotógrafo que podia ser um pássaro

autoria P3

// data 24/09/2017 - 11:25

// 9223 leituras

Se as fotografias de Niaz Uddin não te puxarem pela altura de onde são captadas, fazem-te pelo menos virar a cabeça pela cor que apresentam. O fotógrafo, a viver em Los Angeles, faz jus às cores que associamos a esta cidade e empurra os níveis de saturação para o máximo. Resultado: fotografias aéreas de paisagens naturais com rosas, azuis, verdes e vermelhos quase irrealistas. Tudo digno de livros de ficção. Como o avião que parece encaixar no meio de uma floresta ou o mar que avança, ora em direcção a um bosque outonal, ora às toalhas que se alongam pela costa de uma praia californiana. É o mundo secreto pela perspectiva (e objectiva) de um fotógrafo-pássaro.

Eu acho que