Orienta-te Redes Sociais

A viagem à Costa Rica que nem um roubo estragou

autoria Diana Barros

// data 29/03/2017 - 10:42

// 4604 leituras

Viajar, explorar, registar e... ser roubado. Aconteceu a Guilherme Melo Ribeiro, que, depois de um revés na Costa Rica, decidiu dar a volta por cima e contar a história da viagem no seu Human Eyes. “Não é mais um projecto inspirador clichê para convencer as pessoas a largar tudo e ir em busca do nada”, diz ao P3. Trata-se de uma plataforma que pretende inspirar viagens com conteúdo e a integração do espirito de viagem no dia-a-dia, avisa Guilherme. A viagem à Costa Rica é prova disso. “Era mais uma viagem como muitas outras, com o objectivo de coleccionar memórias e produzir mais um episódio para o projecto Human Eyes”, mas quando depois de estar uma hora na praia a fazer filmagens de surf voltou ao carro todo o equipamento de filmagem tinha desaparecido – excepto a câmara que estava usar e que usou para continuar a filmar o resto da viagem. “Demorei algum tempo a perceber e mais algum a acreditar”, conta o criador de Human Eyes. A frustração era grande, mas Guilherme decidiu não deixar que o percalço lhe estragasse o resto da viagem. Apercebeu-se que o seu problema era “tão pequenino comparado com o resto do mundo” e por isso continuou a registar a aventura até esgotar os 10% de bateria que lhe restavam. As passagens por Myanmar e pela Ilha Reunião também podem ser vistas no site. Guilherme promete episódios no Butão, Indonésia, Índia e Irlanda. No Instagram, já podes ir espreitando estas novas aventuras.

Eu acho que