Evento

Porto, a cidade das Camélias, tem mais de 100 actividades (gratuitas)

De 4 a 11 de Março, o Porto volta a transformar-se na Cidade das Camélias. Exposições, oficinas, sessões de teatro, uma “Cycle Flower Parade” e música são algumas das actividades

Texto de Renata Monteiro • 03/03/2017 - 12:55

Distribuir

Imprimir

//

A A

O mês da Primavera é dedicado à "flor do Inverno" e, de 4 a 11 de Março, o Porto volta a transformar-se na Cidade das Camélias. O ponto alto da semana será a XXII Exposição de Camélias do Porto, diz o comunicado da Câmara.

 

A exposição realiza-se no Palácio da Bolsa e tem como tema “Porto Histórico”. Dentro do edifício vai ser também possível conhecer as diversas camélias expostas por viveiristas e coleccionadores, além de participar em oficinas, sessões de teatro de sombras e numa cerimónia de chá japonês.

 

Uma das novidades deste ano é o “Cycle Flower Parade”, um passeio que desafia os participantes a levarem a bicicleta mais florida, que se realiza na tarde de sábado. No último dia há o “Descobre-camélias”, um percurso de orientação que convida o público a redescobrir os Jardins do Palácio de Cristal.

 

A cultura japonesa está também presente ao longo desta semana. Há oficinas de pintura e caligrafia Sumi-e, pode-se aprender a vestir um kimono tradicional japonês e dança tradicional japonesa, e conhecer a tradição do chá.

 

Já na música, o destaque vai para o concerto sinfónico de abertura que terá lugar Casa da Música pelo Conservatório de Música Calouste Gulbenkian de Braga, a 4 de Março. No dia 10, na Igreja dos Clérigos, o concerto fica a cargo do Conservatório de Música do Porto, que faz este ano 100 anos.

 

Para quem gosta de fotografia, há uma palestra dada por Philip Smith, fundador do International Garden Photographer of the year. No Museu e Igreja da Misericórdia do Porto, vão estar expostos os trabalhos dos participantes no workshop de fotografia, realizado na edição do ano passado.

 

No último dia, a festa faz-se em Serralves, com oficinas de arte e de ciência, visitas, actividades para crianças e famílias, teatro, marionetas, dança, música e um mercado da camélia.

 

A programação completa pode ser consultada aqui. As actividades são todas de acesso livre, estando algumas sujeitas a inscrição prévia ou à lotação do espaço.

 

Texto editado por Ana Fernandes

Voltar ao topo

|

Corrige
Eu acho que