As fotografias de três anos na China

autoria Miguel Madeira

// data 26/02/2016 - 17:07

// 11514 leituras

"É preciso passar algum tempo na China para perceber o quão especial é o período que aqui se atravessa. Tal como os anos 60 nos Estados Unidos ou os 20 em Paris, creio que esta é uma época histórica, marcada pela explosão do crescimento interno, do desenvolvimento vertiginoso, da euforia em consumir e principalmente pela grande incerteza. O país é tão diversificado e extenso que viajando internamente sinto-me a cruzar fronteiras e conhecer novos povos e culturas. A escala é incomparável. O que aqui é uma “pequena percentagem de pessoas” corresponde a dimensões populacionais de um país europeu e nichos de mercado equivalem a amplos sectores de público-alvo. Por isso há tanta oferta e procura: há sempre alguém que vende, que compra, alguém que precisa. E esses alguéns são milhões de pessoas."

 

aqui a crónica de Miguel Madeira

Eu acho que