Orienta-te Redes Sociais

As ruínas Chernobyl pelo olhar de um drone

autoria Danny Cooke

// data 02/12/2014 - 14:45

// 27295 leituras

Pripyat é uma cidade abandonada no Norte da Ucrânia, perto da fronteira com a Bielorrússia e a alguns quilómetros de Chernobyl. Fundada no início de 1970, foi evacuada alguns dias depois do desastre nuclear de 26 de Abril de 1986 e, desde então, que tem um estatuto especial. O parque de diversões, cujos destroços se podem ver no curto vídeo de Danny Cooke, nunca chegou a abrir ao público: a inauguração estava agendada para alguns dias após o desastre, escreve o “The Guardian”. A roda gigante, os carrinhos de choque e outras diversões foram deixados para trás e assim estão há quase 30 anos — já chegaram, até, a ser cenário de videojogos. Nesta que terá sido a primeira vez que a zona foi filmada com recurso a um drone, o realizador britânico procurou captar a calma do abandono, tão tranquilo quanto assustador. “Chernobyl é um dos lugares mais interessantes e perigosos em que já estive”, disse Cooke ao jornal britânico. “Havia algo sereno e, ainda assim, altamente perturbador neste sítio. O tempo parou e há memórias de acontecimentos passados a pairar à nossa volta”, descreveu. Uma vez que ainda há muita radiação na zona, 1400 trabalhadores têm estado a construir uma estrutura de ferro, com 20 mil toneladas, para selar a antiga central nuclear. “Postcards from Pripyat” fez parte de um dos segmentos do programa de televisão norte-americano “60 Minutos”, transmitido durante o passado mês de Novembro.

Eu acho que