Orienta-te Redes Sociais

Sara Sampaio

Emprego

Jovens portugueses e australianos podem viajar em férias e trabalho por um ano

Acordo permite que jovens portugueses viajem para a Austrália e jovens australianos venham para Portugal, permanecendo pelo período máximo de um ano para trabalhar e para passar férias

Texto de Lusa • 26/11/2014 - 13:31

Distribuir

Imprimir

//

A A

Jovens portugueses e australianos vão poder passar férias e trabalhar na Austrália e em Portugal, respectivamente, ao abrigo de um memorando de entendimento celebrado entre os dois países, anunciou esta terça-feira uma fonte oficial do ministério dos Negócios Estrangeiros.

 

O acordo, que entrou em vigor esta segunda-feira, permite que jovens portugueses viajem para a Austrália e jovens australianos venham para Portugal, permanecendo pelo período máximo de um ano para trabalhar e para passar férias. Os candidatos devem ter entre 18 e 31 anos.

 

Em comunicado, fonte oficial do ministério dos Negócios Estrangeiros afirmou que "o objectivo é facultar aos jovens portugueses e australianos uma experiência de férias integrada com trabalho, na Austrália e em Portugal, respectivamente".

 

"Este intercâmbio é uma excelente ferramenta para o aprofundamento das relações bilaterais entre os dois países, por possibilitar a partilha de experiências e conhecimentos, e abrir igualmente um caminho para a divulgação da cultura e da língua portuguesas aos candidatos estrangeiros", acrescenta a mesma nota.

 

Mobilidade de jovens

Este é o segundo memorando de entendimento sobre mobilidade de jovens para trabalho em férias que o Governo português celebra, depois de um acordo semelhante estabelecido com a Coreia do Sul.

 

Em Abril deste ano, numa viagem oficial a Seul, o ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros, Rui Machete, assinou com o seu homólogo sul-coreano, Byung-se Yun, um memorando de entendimento, segundo o qual cada país emitirá vistos para jovens que queiram viajar para o outro país.

 

Na ocasião, o ministro português adiantou que o Governo estava a preparar uma iniciativa semelhante com outros países, nomeadamente Austrália e Nova Zelândia.

Eu acho que

Pub

Videoclipe.pt

Documentário

Catarina David e Francisco Noronha são os autores de “Não consegues criar o mundo duas vezes”. Não é apenas um documentário — é um testemunho movido pelas viv...

Ser mãe é a melhor coisa do mundo?...

Ilustração // Ser mãe é a melhor coisa do mundo. Ser mãe nem sempre é a melhor coisa do mundo...