Orienta-te Redes Sociais

Viagem

Nelson Carvalheiro é o blogger de viagens europeu do ano

Declarado Travel Blogger 2014 para a Europa na feira de turismo de Madrid, Nelson Carvalheiro escreve em inglês para o mundo. "Portugal é a minha identidade e uma marca que levo comigo para onde viajo", diz

Texto de Luís J. Santos • 02/02/2014 - 22:30

Distribuir

Imprimir

//

A A

"People, Travel and Food". É sobre estes três pilares que se vai erigindo o blogue de Nelson Carvalheiro, 32 anos, um português que não pára de viajar quer por razões profissionais quer pessoais. Tanto que, enquanto fomos conversando à distância, Nelson, que estava em Espanha para receber o prémio de blogger europeu do ano durante a Fitur - a Feira Internacional de Turismo em Madrid -, nos enviava um número de contacto da Alemanha, onde actualmente trabalha, depois um mail durante uma escala em Istambul e por fim alguns comentários a partir do Bahrein, que o convidou para blogar sobre o país.

 

Na Fitur, Nelson recebeu o Travel Blogger 2014 para a Europa, uma distinção votada online –de onde saiu também vencedor, a nível das Américas, o colombiano José Luis Pastor – e a que concorriam 248 bloggers de 43 países. "A vitória representa uma afirmação minha e de Portugal no mundo dos blogues de viagem, especialmente porque este concurso é um dos mais reputados da comunidade" destes bloggers, diz-nos Nelson, profissional da hotelaria com carreira internacional. Foi precisamente graças à sua profissão que começou a interessar-se pelo mundo dos blogues.

 

Trabalhava então em Lisboa, no Palácio Belmonte. Como "recebia constantes elogios" dos hóspedes às histórias que contava e às recomendações que fazia sobre a cidade e Portugal, decidiu passar a publicar todas essas informações e experiências. Assim nasceu o blogue, uma "plataforma de histórias e fotografias de viagem", por onde perpassa “o 'sentido de estar' de cada destino". Há dicas de diversas partes do mundo mas há um destino sempre presente e especial: “Portugal é a minha identidade e uma marca que levo comigo para onde viajo", diz-nos Nelson, que guarda na memória os tempos passados numa quinta dos avós em Marinha das Ondas, aldeia (agora vila) da Figueira da Foz. Por isso procura "sucessivamente" "locais pequenos e íntimos", onde, mesmo quem não está familiarizado com o país, "pode ter contacto com a nossa cultura em estado puro".   

 

Para Nelson, o blogue parte de "uma vontade de descobrir e relatar as experiências que são dignas de contar ao mundo". Sempre com "as pessoas, as suas características, a sua personalidade e os seus costumes” como força-motriz. Porque são essas particularidades que “dão vida a um destino", reforça. A comida é outro factor primordial: “Sou um crente da identidade cultural através da gastronomia”.

 

Quem viajar pelo seu blogue (escrito em inglês porque, diz-nos, a “maior parte” da sua educação “foi feita nessa língua” e esta é também “a principal língua” do público a que se dirige) –, tanto pode passar de um restaurante especial da Tribeca de Nova Iorque à sericaia alentejana, de dicas para um fim-de-semana inesquecível em Lisboa aos azulejos portugueses ou ao património Unesco de Coimbra. Pelo seu top de destinos para 2014, Lisboa vem logo à cabeça e, entre sugestões do Rio ao Bahrein, da Califórnia a Moçambique, há ainda destaque para a algarvia Tavira.

 

Lê o texto completo no Fugas

Eu acho que

Pub

Videoclipe.pt

Fotografia

Antropólogo apaixonado por fotografia tem milhares de imagens de lugares abandonados, entre Portugal e outros países. Agora, o seu "Proj3ct Urbex" está num...

Bernardo disfarçou-se de turista e...

Livro // Quis olhar para o sector do turismo em Portugal como estrangeiro e, para isso,...