RTP

“Subsolo”, a série que mostra a “Lisboa marginal” de cinco jovens

Série estreia-se esta quarta-feira na RTP Play e conta a história de cinco jovens entre os 16 e os 26 anos

Texto de P3/Lusa • 30/01/2018 - 12:03

Distribuir

Imprimir

//

A A

Cinco jovens e um dia passado numa "Lisboa marginal" — eis o centro de Subsolo, série realizada por outros cinco jovens que se estreia na quarta-feira, 31 de Janeiro, na RTP Play e no YouTube.

 

As personagens centrais têm entre os 16 e os 26 anos, pouco menos do que os cinco realizadores, com idades entre os 22 e os 31 anos, todos da produtora Videolotion, a mesma de Pedro Cabeleira, o realizador do filme Verão Danado. O cenário é uma "Lisboa marginal", onde as personagens "exploram novas experiências", lê-se no texto de apresentação da série.

 

Os cinco episódios, com cerca de 12 minutos cada, estarão disponíveis na quarta-feira. Têm "histórias independentes, mas que podem também formar um todo", podendo a série "ser vista em separado ou como se de uma longa-metragem se tratasse". A ideia na base de Subsolo surgiu "a partir de várias conversas e da leitura de vários artigos sobre o suposto surgimento de uma nova geração", a dos próprios realizadores, Tiago Simões, Joana Peralta, Maria Inês Gonçalves, Victor Ferreira e Marta Ribeiro.

 

"Queremos incitar um diálogo sobre uma geração nascida depois de 1990, que cresceu a ouvir que era especial e que lhe esperavam possibilidades infinitas de sucesso, uma garantia de estabilidade e de triunfos profissionais e pessoais, alimentando-se uma identidade de protagonista", referem os realizadores.

 

Os protagonistas de Subsolo são interpretados por "uma nova geração de actores, menos conhecidos no panorama nacional", que trazem "para as personagens e para a série as suas próprias experiências e visões sobre Lisboa, algo essencial para desenvolvimento de uma perspectiva sincera e despretensiosa sobre um universo alternativo de Lisboa, o que, por si só, também estará latente nos próprios meios e equipa de produção".

 

Os actores são Tomás Cabeleira, Francisco Belard, Francisca Salvado, Jandeja Pradeepsinh e Diana Narciso. Este projecto foi realizado no âmbito do RTP Lab, "um laboratório criativo e experimental, com novas formas de produção de conteúdos", à semelhança da Casa do Cais, série que está agora em exibição também na RTP Play.

Voltar ao topo

|

Corrige
Eu acho que