Campanha

Para “TransforMAR” as praias só é preciso recolher plástico

Campanha vai desafiar os veraneantes a recolher plástico das praias, que depois será transformado em aparelhos de circuito de actividade física para utilização pública

Texto de Mariana Durães created; ?> •


Este Verão, em vez de apanhar búzios, porque não apanhar plástico? A partir de 15 de Junho, a campanha “TransforMAR” vai correr o país de Norte a Sul com um objectivo: sensibilizar para a importância de um comportamento mais responsável em relação aos materiais plásticos. Como? Propondo aos veraneantes o desafio de recolherem os resíduos plásticos — não só os produzidos por si próprios, mas também os que estão no areal — para os depositarem num "plasticódromo", evitando que o seu destino final seja o mar.

 

O desafio é lançado pelo Lidl Portugal, em conjunto com a Associação Bandeira Azul da Europa (ABAE), a Associação Portuguesa de Gestão de Resíduos (Amb3e), a Quercus e a Agência Portuguesa do Ambiente (APA). O plástico recolhido vai ser posteriormente transformado em aparelhos de circuito de actividade física que vão equipar as próprias praias de onde o mesmo foi retirado. O "plasticódromo", que, em média, ficará três dias em cada praia, vai ainda apresentar a informação sobre o número e o peso dos artigos recolhidos a cada hora e a cada dia.

 

A campanha arranca no Sul, na Praia da Rocha e nos Pescadores, de Albufeira e, até 19 de Agosto, passa por Leça da Palmeira, Matosinhos, Espinho, Furadouro, Aguda, Costa Nova, Figueira da Foz, Carcavelos, Alto de Santo Amaro, Armação de Pera e Quarteira.