Design

Ele transformou-se em Lego para procurar emprego

Andy Morris, artista inglês, vai pedir a possíveis empregadores que "desembrulhem o seu novo empregado": uma figura Lego

Texto de P3 created; ?> •


Andy Morris, recém-licenciado em design pela Universidade de South Wales, no País de Gales, não queria que o seu currículo ficasse “perdido no meio de tantos outros”, na caixa de email das empresas. Para poupar o empregador a “mais folhas de tédio” — e para se poupar do mesmo — e provar que “tudo pode ser divertido se for abordado da maneira certa”, o artista de 34 anos criou uma pequena encomenda para enviar aos empregadores, conta na primeira pessoa, ao site Bored Panda.

 

“Desembrulhem o vosso novo empregado”, lê-se na etiqueta da caixa. Lá dentro está um mini Andy numa versão Lego, com um computador na mão e um “CV típico” na outra. “Olá, sou o Andy, um designer de interiores qualificado e um artista com exposições internacionais e uma filosofia de bom design e cores fortes”, escreve, na parte de trás da embalagem, onde inclui os seus contactos.

 

Como apresentação, o artista explica o porquê de ter deixado uma vida antiga no ramo das finanças e descreve um dos melhores momentos da sua carreira: uma exposição que teve direito a um convidado especial, Kjeld Kirk Kristiansen, o antigo presidente do grupo Lego. “E também fico espectacular como boneco de plástico”, remata, antes de incluir o endereço do seu site profissional.

 

Andy espera que este currículo expresse o quão a sério leva a “diversão e a inovação”. E, claro, que lhe arranje um emprego.