Concurso

Procuram-se ideias de negócio para projectos de nanotecnologia

Prémios do Startup Nano chegam aos 5000 euros e as candidaturas para a segunda edição do programa de aceleração e incubação terminam a 23 de Outubro

Texto de P3 created; ?> •


O Startup Nano está à procura de “ideias de negócio e empreendedores portugueses ou estrangeiros com projectos de base nanotecnológica”, com aplicações nos sectores da saúde, alimentar, ambiente ou electrónica. Às três melhores propostas, o programa de aceleração e incubação “assegura condições únicas para a maturação de ideias e projectos independentemente da fase de desenvolvimento”.

 

Isto significa prémios monetários (2000, 3500 e 5000 euros), cheques de 10.000 euros para cada equipa usar no Laboratório Ibérico Internacional de Nanotecnologia (INL), acesso às insfra-estruturas científicas com descontos, seis meses grátis de incubação no INL, 40 horas de consultoria grátis com uma equipa multidisciplinar de investigadores, uma rede de mentores e uma participação num bootcamp internacional para apresentar a ideia desenvolvida a possíveis investidores e clientes.

 

Durante o processo de selecção, a atenção vai recair sobre a composição e a “qualidade da equipa e do projecto”, sobretudo ao “nível de inovação tecnológica”, “potencial de mercado” e se a ideia se “enquadra no ecossistema do programa”.

 

O programa decorre em quatro fases. Primeiro, dez equipas têm de participar em vários workshops para “explorar o potencial das suas tecnologias e ideias”. Depois, na fase de avaliação, já com seis equipas, o plano “prossegue com a avaliação técnica e selecção dos projectos”. Em seguida começa o programa de aceleração para desenvolverem, durante quatro meses, os protótipos e o plano de negócios.

 

Por fim, os três melhores projectos “instalam-se no INL” e, nesta fase da incubação, ganham “acesso gratuito às instalações e laboratórios, a um prémio pecuniário e a uma network de investidores nacionais e internacionais com capacidade para suportar novos negócios baseados em nanotecnologia”, lê-se na descrição do concurso.

 

A segunda edição do Startup Nano é promovida pelo Laboratório Ibérico Internacional de Nanotecnologia (INL) e pelo  Centro de Nanotecnologia e Materiais Técnicos, Funcionais e Inteligentes (CeNTI), em colaboração com a Startup Braga. O prazo para candidaturas termina a 23 de Outubro e estas devem ser submetidas através de um formulário online. O regulamento completo pode ser consultado aqui.

 

Na primeira edição do programa, em 2016, foram enviadas “20 candidaturas e estiveram envolvidos mais de 40 mentores”, diz a organização, adiantando que foram criadas três empresas: GoClean, BestHealth4u e Nesto.