"Computer Arts"

UPTEC: este design foi considerado inspirador

Sinalética do Centro de Inovação do UPTEC, criada pelo estúdio Claan, foi destacada pela "Computer Arts" como exemplo do design "mais inspirador"

Texto de JPN created; ?> •


O ano não poderia ter começado melhor para o UPTEC - Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto, que, recentemente, viu a sinalética numérica do seu Centro de Inovação ser distinguida pela prestigiada revista "Computer Arts", como tendo um dos "designs mais inspiradores do ano".

 

No "Graphic Design Annual 2014" daquela publicação, a sinalética "made in Portugal" aparece lado a lado com espaços como o Google Web Lab (Londres), o Public Theatre Lobby (Nova Iorque) e o AGI Open (Londres).

 

"Através dos grafismos e da tipografia que compõem o projeto de sinalética, quisemos puxar os limites da percepção e transformámos o edifício num objecto de comunicação interactivo, que é também uma espécie de facilitador da interação entre os utilizadores", explicam os fundadores do Claan, Andreas Eberharter e Clara Vieira.

 

Este estúdio, ele próprio incubado no UPTEC, desenvolveu o projecto tendo em mente "o utilizador do espaço, o habitante e o visitante, e a sua interação com a arquitectura e usabilidade do espaço interior".

 

O Claan "procurou encontrar um conceito que comunicasse o lado criativo e emocionante da ciência. Os corredores enfadonhos e sem brilho do Centro de Inovação foram transformados num espaço com cor e gráficos evasivos, fazendo uso da ilusão anamórfica", pode ler-se nas páginas da "Computer Arts".