Orienta-te Redes Sociais

Reuters

O que é a esclerose múltipla

A esclerose múltipla afecta cerca de cinco mil portugueses. Em todo o mundo, são cerca de 2,5 milhões de pessoas com esta doença inflamatória crónica do sistema nervoso central, que se manifesta em jovens adultos, entre os 20 e os 40 anos de idade, e que interfere com a capacidade do doente em controlar funções como a visão, a locomoção e o equilíbrio.

Cinema

Cria uma curta sobre a esclerose múltipla e ganha 2000 euros

O desafio do concurso "Prémio EM Curtas" consiste na produção de uma curta-metragem, com o máximo de 10 minutos, que retrate a esclerose múltipla. Inscrições até 30 de Abril

Texto de Daniel Cerejo/JPN • 01/02/2013 - 12:48

Distribuir

Imprimir

//

A A

Todos os estudantes de escolas de cinema e audiovisuais do país, ou de cursos relacionados com as mesmas áreas, que produzam uma "curta" que retrate a doença da esclerose múltipla, habilitam-se a ganhar 2000, 1000, ou 500 euros em prémios.

 

O concurso chama-se "Prémio EM Curtas", é promovido pelo Instituto do Cinema e do Audiovisual (ICA) e dirige-se a todos os estudantes inscritos nas escolas de cinema e audiovisuais do país, ou em cursos relacionados com as mesmas áreas. O desafio consiste na produção de uma curta-metragem, com o máximo de 10 minutos, que retrate a doença da esclerose múltipla.

 

O objectivo é divulgar e sensibilizar a sociedade para a doença, através de curtas-metragens "que possam documentar como é viver com esclerose múltipla, focando aspectos da patologia e transmitindo uma mensagem positiva de que é possível viver com esclerose múltipla, ultrapassando os constrangimentos e limitações da doença", pode ler-se no regulamento [PDF] do concurso.

 

Anúncio dos vencedores em 30 de Maio

As candidaturas (individuais ou de grupos de três pessoas, no máximo) podem ser feitas na página criada para o efeito, até 30 de Abril. Esta data permite ao júri — composto por um representante do ICA, um representante do grupo farmacêutico Novartis, três representantes de três associações que lidam com a doença e pelo realizador Gonçalo Galvão Teles — ter o tempo necessário de avaliação dos trabalhos, para que, a 30 de Maio, sejam anunciados os vencedores. O Dia Mundial da Esclerose Múltipla, este ano, comemora-se no dia 29 de Maio. 

 

Para que cada curta-metragem submetida veja as hipóteses de vencer aumentarem, o candidato deve dar especial atenção ao "conhecimento que o filme promove sobre a doença e o seu impacto nas esferas pessoal e social", além de procurar utilizar "testemunhos reais de pessoas com Esclerose Múltipla" e ter "capacidade de sensibilizar e criar impacto na opinião pública, chamando a atenção para a doença".

 

Os autores do filme que for considerado o melhor do "Prémio EM Curtas", vão ter direito a uma recompensa de dois mil euros. No caso do segundo e terceiro classificados, os prémios são de 1000 e de 500 euros, respectivamente.

 

Notícia corrigida às 13h45

Eu acho que

Pub

Ilustração P3

Vídeo

Desde 2000, estima-se que dez mil crianças palestinianas tenham sido detidas pelo exército israelita. A cada 12 horas, uma será detida, interrogada, processada...

Bernardo disfarçou-se de turista e...

Livro // Quis olhar para o sector do turismo em Portugal como estrangeiro e, para isso,...