Na revolta de Hong Kong vive-se um dia de cada vez

autoria Gonçalo Lobo Pinheiro

// data 17/10/2014 - 16:31

// 10565 leituras

Hong Kong está a ferro e fogo. É difícil prever o que se pode vir a passar nos próximos dias. Se um dia existem confrontos entre manifestantes e polícia, no outro tudo pode ser nada mais do que mais um dia na vida de milhares de manifestantes que mais não pedem do que um futuro risonho para o centro financeiro asiático. Gonçalo Lobo Pinheiro, fotojornalista português radicado em Macau há quase cinco anos, foi ver de perto como tem sido a luta que muitos, cépticos, julgam inglória.

Eu acho que