Ela mora em Lisboa e tem uma obsessão com o lixo

autoria P3

// data 30/03/2017 - 08:15

// leituras

Um saco plástico na rua D. Carlos I, cascas de maçã no Cais do Sodré, caixas de cartão na Madragoa, garrafas no miradouro Santa Catarina e copos — muitos copos — no Bairro Alto. Patins, sofás, bonecas, espelhos, poesia e arte. "O lixo de uns é a estratégia de Instagram de outros", pode ler-se na conta @ihavethisthingwithtrash. "Fundei a conta no Verão passado, quando percebi que havia lixo bonito/interessante/estranho em toda a parte e queria fotografar", explicou ao P3 Saara Helkala, designer natural de Helsínquia que está em Portugal para um Mestrado em Design e Cultura Visual. "Na Finlândia, temos um sistema diferente de recolha de lixo que faz com que as pessoas nunca vejam realmente o lixo. Aqui achei intrigante como o lixo pode parecer muito bonito. E agora estou viciada e não posso andar na rua sem pensar constantemente no lixo". Também sofres deste problema? Podes partilhar as tuas fotos através do tag #ihavethisthingwithtrash.

Eu acho que