Orienta-te Redes Sociais

MaisMenos: Portugal morreu hoje

autoria Paulo Pimenta

// data 23/08/2012 - 23:05

// 46679 leituras

Quase uma centena de pessoas uniu-se para prestar uma última homenagem ao país. Por entre um coro de choros e lamúrias, a população despediu-se de Portugal, ao fim de quase 900 anos de vida. Assim decorreu o quarto capítulo da intervenção artística “Portugal 1143-2012”, da autoria de Miguel Januário, criador do projecto “MaisMenos”, inserido na Capital Europeia da Cultura2012. Depois do “Aviso”, da “Traição” e da “Repressão”, foi a vez da “Morte” de Portugal. O cortejo fúnebre partiu da estátua de D. Afonso Henriques, junto ao Castelo de Guimarães, às 17 horas, e terminou em frente à muralha onde se lê “Aqui Nasceu Portugal”, ao som de uma salva de tiros de pólvora seca. A intervenção continua com a exibição dos próximos capítulos: “Ressurreição” e “Reconquista”, nos próximos meses. Ana Melro

Eu acho que