As estátuas que ganharam vida em Espinho

autoria P3

// data 28/06/2017 - 13:59

// 1617 leituras

Quando Espinho recebeu o primeiro Encontro Internacional de Estátuas Vivas, o calendário marcava 1997. Em Junho último, na 21.ª edição do encontro, foram 40 as estátuas vivas a preencher as ruas da cidade à beira-mar. Chegaram a Portugal vindos de vários países e passaram horas a fazer aquilo que mais gostam, depois de outras tantas horas de preparação e caracterização: mantiveram-se imóveis, verdadeiras estátuas vivas, e foram retratados por José Pedro Martins. O fotógrafo e professor, já premiado internacionalmente, publicou outras séries no P3: sobre os farricocos, as fachadas das casas das Caxinas e os heróis nas paredes de Vila do Conde. Mantém, ainda, o Acrobatic Project.

Eu acho que