O Sónar anda a dar música aos extraterrestres

autoria Tiago Ramalho

// data 17/11/2017 - 13:52

// 3218 leituras

Anualmente, em Junho, o Sónar enche a cidade de Barcelona com música. Mas, na edição de 2017, o festival decidiu arranjar novos espectadores: extraterrestres. Aos 25 anos, o Sónar fez uma viagem ao espaço através da música e assim nasceu o projecto Sonar Calling GJ273b, que enviou pequenas melodias para a estrela de Luyten (GJ273b), um dos exoplanetas conhecidos mais próximo da Terra (a 12,4 anos-luz) e potencialmente habitável. Com isto, o festival quer criar o primeiro contacto dos humanos com seres extraterrestres, através da música. A experiência tem tanto de artístico como de científico e junta duas instituições catalãs: o Instituto de Estudos Espaciais da Catalunha e uma organização pioneira no desenho de mensagens que possam ser compreendidas por uma possível civilização extraterrestre, o METI Internacional.

 

Apesar de ser apenas mais um passo em torno da possibilidade de existência de vida noutros pontos do Universo, pode vir a ser o primeiro contacto com direito a resposta — ou assim esperam os cientistas envolvidos. As primeiras transmissões foram feitas a 16, 17 e 18 de Outubro último e 18 artistas contribuíram com faixas de cerca de dez segundos, enviadas a partir de Tromso, na Noruega. No site criado para o Sonar Calling podemos ouvir todas as versões criadas. Desde os dez segundos dos Autechre — uma melodia baseada “nos primeiros 449 números primos convertidos em Hz”, como explica a banda — até à mensagem de paz em russo que Nina Kraviz enviou para o exoplaneta. Modeskeletor, num vídeo gravado para o festival, deu o mote: “A música é a linguagem universal.”

 

Mas o evento não se fica pelos 33 artistas convidados (além dos 18 primeiros, outros 15 criarão uma faixa dedicada aos não-humanos): o Sonar Calling está aberto a sugestões de fãs do festival, que podem enviar peças originais, criadas especialmente para o espaço, submetidas (em formato .wav) até 1 de Março de 2018. Vão ser seleccionadas três peças sonoras para acompanhar a viagem até à estrela de Luyten e, desses, um será premiado com quatro bilhetes VIP para o 25.º Sónar, de 14 a 16 de Junho de 2018.

 

A viagem das transmissões sonoras de Tromso até Luyten está documentada na página do Sonar Calling, contando com passagens por Marte, Plutão, uma cintura de asteróides ou a estrela Próxima do Centauro. É uma viagem galáctica — quase ao estilo da Guerra das Estrelas — à procura de extraterrestres. A segunda transmissão acontece em Abril de 2018. Até lá, é só esperar por uma resposta (ou uma música) de outro ponto do Universo. 

Eu acho que