DR
Ermo

Supernova

Maus Hábitos cria festival itinerante com bandas portuguesas

Supernova é o nome do festival, idealizado pelo Espaço Maus Hábitos, no Porto, e que agora vai chegar a Viseu, Évora, Cacilhas, Barcelos e Loulé. Ermo, Killimanjaro e The Parkinsons vão fazer uma digressão nacional

Texto de Lusa • 13/09/2017 - 09:48

Distribuir

Imprimir

//

A A

O Espaço Maus Hábitos, no Porto, lançou um festival itinerante que pretende descentralizar "bons nomes da música emergente num mesmo enquadramento" por várias cidades portuguesas. A primeira edição do festival Circuito Supernova conta com as três bandas portuguesas Ermo, Killimanjaro e The Parkinsons, que farão uma digressão nacional, passando por seis bares, em seis cidades, totalizando 18 concertos ao vivo.

 

Supernova é o nome do projecto que nasceu do "contacto directo" da marca Super Bock com o Maus Hábitos no final de 2016, que, com o intuito de "estar mais próxima das bandas emergentes portuguesas", desafiou o bar a criar um evento que o permitisse, explicou o director dos Maus Hábitos, Daniel Pires.

 

"E nós [Maus Hábitos] (...) criámos, em parceria com a marca, um evento no qual desenvolvemos seis edições de espectáculos nos Maus Hábitos, com enorme sucesso; cada edição três bandas, 18 concertos", disse Daniel Pires.

 

Tendo em conta o sucesso das seis edições realizadas no Porto entre 2016 e este ano, o Maus Hábitos percebeu que o projecto "deveria passar para fora de portas", indo ao "encontro de outras casas de espectáculos pelo país" que "precisassem de ter bons nomes da música emergente portuguesa juntos", explicou.

 

Neste sentido, o conjunto de espectáculos promovidos pelo Maus Hábitos foi estendido para mais cinco cidades através do Circuito Super Nova. A digressão nacional, que começa a 30 de Setembro, no Maus Hábitos, segue para Viseu (21/10), Évora (28/10), Cacilhas (Almada, 17/11), Barcelos (25/11), terminando em Loulé (9/12).

 

Daniel Pires disse ainda que, a par do "apoio à música portuguesa", o outro grande objectivo desta iniciativa é a "criação de uma rede de casas de música ao vivo", que através de uma estruturação a nível do território nacional vai permitir "uma circulação de bandas de forma mais fluída".

 

A programação completa do Circuito Super Nova, com horários e locais dos concertos, pode ser consultada aqui.

Voltar ao topo

|

Corrige
Eu acho que