Manuel Fúria e o manequim que chora

autoria Tiago Brito

// data 11/03/2017 - 02:17

// 2359 leituras

Há quatro anos destacámos nesta galeria um grandioso videoclipe e que melhor traduzia visualmente o álbum anterior de Manuel Fúria e Os Náufragos, onde concetual e musicalmente havia algo de romântico, épico, mítico. Enfim, revejam: era um esplendor cinematográfico. Esta semana chegou à nossa plataforma este “Cala-te e Dança”, videoclipe que provavelmente melhor transpõe a visão do novo álbum “Viva Fúria”, onde só a capa deste é todo o programa do vídeo: um belo artifício cinematográfico. Realizado pelo guitarrista da banda, o náufrago Tiago Brito socorre-se de referências à indumentária pop dos anos 60, de outras videográficas dos oitentas (A-ha, Miami Vice, etc), mas acaba nessa perfeita metáfora à ironia da nossa crença no credo cinematográfico: um manequim que chora. Quem é que não adora uma boa citação de algo que se gostou muito? De um filme, de uma banda, de uma imagem icónica? Quem nunca chorou pelas paixões que viu na tela? É tudo falso, tudo construído, mas como diz a música, “a poesia é própria de quem está a começar”. Mas não vale a pena pensar demais nas coisas, esta música é para dançar, viver e gozar. Se não, vai... enfim, ouçam!

 

Texto escrito segundo o novo Acordo Ortográfico, a pedido do autor.


 

Eu acho que