Gisela João e o senhor do bacalhau

autoria André Tentugal

// data 16/12/2016 - 18:31

// 1679 leituras

Quando há quase dois anos aqui falámos de um videoclipe de A. Zambujo, explicámos um caminho possível para que o Fado, seja ele menos tradicional ou não, possa existir mais adequadamente nesta vertente digital pela qual as pessoas hoje mais “ouvem” música (o aparente paradoxo exige aspas, mas as estatísticas não). Ora, quando esta semana recebemos em VIDEOCLIPE.PT este “O Senhor Extraterrestre” de Gisela João, era inevitável não o invocarmos. Devido à “coloração pop” que este fado tem, que permite pintar uma ficção, em modo de um caseirinho teatro infantil, numa tela vídeo que convém enquadrar o essencial: a interpretação musical. Ou seja, ser videoclipe (função promocional) sem ser convencional, para melhor funcionar nas redes sociais (forma emocional). Mas se parece fácil dizer, conceber e fazer não é bem assim. Convém referir que a realizar elegantemente está o senhor André Tentugal que não é nenhum extraterrestre neste quintal audiovisual da música. Aliás, é bom saber que para o recém editado álbum “Nua” houve um primeiro videoclipe (ou single; hoje é quase sinónimo), o qual demonstra que, se musicalmente a Gisela está no ponto, visualmente caminha para outro, aquele que esta menina pode estar a fazer ao Fado: dar-lhe a alma devida, com as mais fantasiosas, mas transparentes, imagens desta vida.

 

Texto escrito segundo o novo Acordo Ortográfico, a pedido do autor.

Eu acho que