A tramoia poética de Samuel Úria

autoria Pedro Serrazina

// data 18/11/2016 - 17:55

// 5455 leituras

Se no início de julho aqui destacámos um videoclipe d’Os Azeitonas, dando conta do bom ano de 2016 para a animação videomusical, há precisamente dois anos, na despedida dos Guta Naki, dávamos nota do quanto o mês de novembro significa para a celebração desta técnica de cinema. Seja ou não uma rica tramoia concertada pelos realizadores para nos chamarem a atenção nesta altura, o certo é que nesta semana chegou à plataforma VIDEOCLIPE.PT dois elegantes mas diferentes exemplos: um para The Oafs, e este que no P3 mostramos, de Samuel Úria. “É Preciso Que Eu Diminua” (do álbum “Carga de Ombro”) é uma visão poética do músico sobre o espaço ocupado, ou ornamentado, que a gosto de um delicioso ritmo sincopado e de um belo fio melodioso ironiza o título: embora deseje, diz não ter mão nem contenção. Felizmente esta graciosidade musical cresceu ainda mais com a poesia gráfica de Pedro Serrazina. Este, um dos nossos mais reputados realizadores de animação (é obrigatório conhecer a sua galardoada curta), se “tramou” algum ritmo em certos segmentos da música, celebra o espírito da letra com a sua simplicidade de traço e de formas animadas mas que só lhe acumula a graça.

 

Texto escrito segundo o novo Acordo Ortográfico, a pedido do autor.

Eu acho que