Orienta-te Redes Sociais

A arquitectura onírica de Ângela Vieira

autoria Ângela Vieira

// data 23/04/2013 - 20:11

// 16010 leituras

Levanta-se, anda— com um sonâmbulo — e sonha acordada. Não estamos a falar de Little Nemo, mas lembramo-nos das tiras de Winsor McCay enquanto viajamos nas ilustrações de Ângela Vieira, jovem formada em Arquitectura que se especializou na criacão de "mundos imaginários, cidades e ambientes oníricos". "Tenho trabalhado nisto de uma forma quase obsessiva, sempre que tenho tempo livre. A minha maior influência são os livros de ficção cientifica e fantasia. Penso que o livro que mais me marcou foi "Gormenghast", de Mervyn Peake, pela forma como trata o espaço. Aqui o espaço é a personagem principal, que domina a narrativa. Por isso nos meus desenhos o espaço é dominante e parece contar uma história", contou ao P3. Actualmente, Ângela desenvolve um projecto na Incubadora de Indústrias Criativas da Bienal de Vila Nova de Cerveira.

Eu acho que