Orienta-te Redes Sociais
Os novos velhos heróis de Enid Blyton

Os novos velhos heróis de Enid Blyton DR

“Os Cinco na Ilha do Tesouro” 69 anos depois DR

Enid Blyton

"Os Cinco", de Enid Blyton, regressam com novo visual

As 21 histórias inventadas nos anos quarenta são agora editadas pela Oficina do Livro

Texto de Lusa • 05/09/2011 - 13:34

Distribuir

Imprimir

//

A A

A famosa série “Os Cinco”, da escritora inglesa Enid Blyton, vai regressar com cara nova às livrarias portuguesas a partir deste mês, numa edição da Oficina do Livro.

 

“Os Cinco na Ilha do Tesouro” (1942) e “Nova Aventura dos Cinco” (1943) serão os dois primeiros títulos, da colecção de 21 volumes, a chegarem às livrarias a 19 de Setembro.

 

Mantém-se a capa mole e o formato 14x21, mas os livros de aventuras vão surgir com uma nova imagem e também com uma nova tradução, indicou à Agência Lusa Catarina Cruzeiro, do departamento infantil da Oficina do Livro.

 

Esta nova edição portuguesa inclui ainda uma nota da neta de Enid Blyton sobre “todo um mundo de mistérios e aventuras para explorar” que a sua avó criou e com o qual encantou gerações.

 

“O Tim foi sempre a minha personagem preferida. Consegue julgar as pessoas sem se enganar, e, quando ele está por perto, as crianças sentem-se sempre em segurança. E não fiquem a pensar que eu tenho medo de uma boa aventura! Desde que vi a série na televisão nos anos 1970, em que o Tim é um border collie, que quero ter um cão igual!”, conta Sophie Smallwood, numa nota datada de 14 de Junho de 2010.

 

Blyton em 40 línguas

“Os Cinco” é provavelmente a série mais conhecida da autora inglesa, que escreveu 21 histórias dos rapazes Júlio e Davide, das raparigas Ana e Zé e do cão Tim.

 

Estima-se que mais de 600 milhões de exemplares dos quase 800 livros da escritora inglesa tenham sido vendidos em todo o mundo (e traduzidos para 40 línguas). Aos mais famosos “Os Cinco” acrescentam-se “Os Sete”, “As Gémeas” e “Noddy”, que acabou seduzindo gerações mais recentes.

 

Nascida em 1897, em Londres, Enid Blyton esteve para seguir a carreira da música, mas a literatura infanto-juvenil falou mais alto. Os cinco miúdos que viriam a formar um dos mais célebres grupos de aventureiros da literatura dirigida aos mais novos não nasceram logo. Enid Blyton estreou-se com poesia, em 1924, e só 14 anos depois “Os Cinco” entraram em ação.

Eu acho que

Pub

Videoclipe.pt

Porto

O quiosque amarelo que leva turistas em “passeios do piorio” pelo Porto pode fechar no final deste ano. A Câmara do Porto diz que o contrato não foi cumprido...

Ser mãe é a melhor coisa do mundo?...

Ilustração // Ser mãe é a melhor coisa do mundo. Ser mãe nem sempre é a melhor coisa do mundo...