Isabel Lucena

Arte urbana

A colecção de “stencils” das paredes de Lisboa já é um livro

Com mais de 370 páginas, “Muros Brancos (Povo Mudo)” é o livro criado para apresentar uma colecção de “stencils” espalhados por Lisboa. A obra é o resultado das fotografias de A.Garbo e do trabalho da designer gráfica portuguesa Isabel Lucena

Texto de Ana Jorge Teixeira • 22/02/2018 - 14:50

Distribuir

Imprimir

//

A A

Muros Brancos (Povo Mundo) é uma edição de autor do italiano A.Garbo e apresenta uma colecção de stencils espalhados pelas ruas de Lisboa, através de um levantamento fotográfico realizado entre 2010 e 2015. Isabel Lucena foi a designer gráfica portuguesa convidada a dar vida ao livro. A artista contou ao P3 que o convite foi feito por Garbo, um "curioso e apaixonado dos stencils" e que o objectivo era "desenvolver um projecto em que se mostrasse, de alguma maneira, a colecção de stencils que ele tinha fotografado".

 

Lisboa foi a cidade escolhida por ter sido "o sítio onde Alessandro Garbo encontrou os stencils". "Foi onde ele viveu e por onde andou." Isabel confessa gostar "muito da técnica" e acha que Lisboa é uma cidade com "uma grande colecção [de stencils] que deveria ser vista".

 

O título do livro vem de um dos stencils que o integra. Mas não só. Este é um "ditado visto e escrito muitas vezes nos muros de Lisboa, em graffiti, em stencil ou à mão". A designer acredita que o "significado fala um bocadinho por si". Apela a uma "comunicação livre, de todos nós", explica.

 

São mais de 1000 as imagens que preenchem as mais de 370 páginas do livro e, além das fotografias de Garbo, há também trabalhos de autores como Ana Gama, João Pina, Mayu Shimizu, Paulo Alcala ou WITTLE. 

 

A primeira apresentação da obra está agendada para 3 de Março, às 18h, na galeria MONA Ideas Store, em Lisboa. O lançamento do livro vai ser acompanhado por uma exposição de serigrafias onde 24 dos stencils são reinterpretados por Isabel Lucena, através da aplicação de "grafismos em redor das imagens dos stencils". Muros Brancos (Povo Mundo) — com preço ainda por definir — pode ser comprado na galeria ou através de contacto com o autor. 

Voltar ao topo

|

Corrige
Eu acho que