Festival

Arouca Film Festival abre a porta a filmes feitos com telemóvel

Festival, que decorre de 12 a 16 de Setembro, tem duas novas categorias: uma para filmes feitos com "smartphones", outra dedicada aos direitos humanos

Texto de P3/Lusa • 09/04/2018 - 12:37

Distribuir

Imprimir

//

A A

A direcção do Arouca Film Festival anunciou esta segunda-feira duas categorias novas para a edição de 12 a 16 de Setembro: uma específica para filmes produzidos com recurso a telemóveis e outra sobre temáticas relacionadas com direitos humanos.

 

Além destas novas rubricas, o evento — que tem a decorrer até 31 de Maio o período de inscrições gratuitas, abertas a candidatos portugueses e estrangeiros — irá manter as modalidades de competição anteriores, que já abrangiam ficção, documentário, animação, videoclipe musical e cinema experimental.

 

"Uma das grandes novidades da edição de 2018, contudo, é que o festival agora tem a nova secção competitiva Smart Cinema, destinada a todas as produções realizadas com recurso a smartphones", revelou à Lusa o director do certame, João Rita. "O objectivo é aliar a utilização das novas tecnologias à promoção de novas formas de comunicação cinematográfica, apostando na criatividade e na inovação de uma nova geração de cineastas para cativar novos públicos".

 

A outra estreia do Arouca Film Festival de 2018 é a criação de uma categoria sobre direitos humanos, que, segundo Cátia Camisão, programadora do evento, irá receber "obras de todo o mundo e procurará contribuir para a formação de uma consciência colectiva quanto a um tema que carece de outro olhar por parte da sociedade e dos órgãos de poder e de decisão". À luz da linguagem cinematográfica, pretende-se assim "promover o cinema como ferramenta de consciencialização colectiva para problemáticas mundiais e ampliar o espaço de debate e discussão sobre os direitos humanos".

 

João Rita defendeu que o evento, que recebeu 683 candidaturas em 2017, tem-se afirmado como "espaço privilegiado de divulgação de alguns dos melhores filmes que se produzem nos cinco continentes, muitos deles em estreia mundial". Realçou também o caráter pedagógico do certame, que, paralelamente às secções competitivas, apresenta ainda workshops, concursos temáticos, exposições, tertúlias e performances artísticas.

Voltar ao topo

|

Corrige
Eu acho que