DR

Cinema

Curta portuguesa compete em festival de San Sebastián

"De madrugada", da jovem portuguesa Inês de Lima Torres, vai estar em competição no Encontro Internacional de Cinema de Estudantes de San Sebastián

Texto de Lusa • 25/08/2017 - 17:57

Distribuir

Imprimir

//

A A

A curta-metragem De madrugada, da realizadora portuguesa Inês de Lima Torres, foi seleccionada para a competição de cinema de escola no Festival Internacional de San Sebastián, em Espanha.

 

De acordo com a organização, o filme integra a competição do Encontro Internacional de Cinema de Estudantes, um programa paralelo do festival espanhol que tem como objectivo apostar "na próxima geração de realizadores". O encontro acontecerá no centro cultural Tabakalera, entre 25 e 29 de Setembro, durante o festival de San Sebastián, e será atribuído um prémio no valor de 5000 euros.

 

De madrugada, produzido pela Escola Superior de Teatro e Cinema, é a primeira ficção de Inês de Lima Torres que, em 2015, fez a curta documental Esta terra não é minha. Em 2017, a realizadora apresentou ainda De madrugada na competição do IndieLisboa e no Curtas de Vila de Conde.

 

Para a competição de escolas foram ainda seleccionados outros 13 filmes entre mais de 200 submetidos por realizadores de 45 países. Além da competição, o encontro de estudantes contará ainda com um programa de masterclasses e encontros com profissionais do sector, nomeadamente com os realizadores Todd Haynes, José Luis Torres Leiva e Nobuhiro Suwa.

 

O festival de San Sebastián cumprirá a 65.ª edição de 22 a 30 de Setembro. Da programação já anunciada, sabe-se que os filmes portugueses Spell Reel, de Filipa César, e Flores, de Jorge Jácome, estarão em competição na secção Zabaltegi-Tabakalera, com um valor monetário de 20.000 euros a prémio.

 

A abertura do festival ficará a cargo do filme Submergence, do realizador alemão Wim Wenders.

Voltar ao topo

|

Corrige
Eu acho que