"Covilhã Manchester" tu és sangue novo

autoria André C. Santos

// data 25/06/2017 - 13:47

// 4797 leituras

A Covilhã já conhecia o WOOL, festival de arte urbana, e nem o ano de interregno apagou o evento da memória da “cidade neve”. O regresso aconteceu entre os dias 3 e 11 de Junho (e também a 17, data extra) e o realizador André C. Santos acompanhou tudo, o que resultou no vídeo Covilhã Manchester. Houve de tudo nesta quarta edição do WOOL, desde murais a instalações, workshops, projecções de filmes, visitas guiadas e exposições, concertos. Bosoletti (Argentina), Doa Oa (Espanha), Halfstudio e Third (Portugal) criaram, ao todo, cinco murais pela cidade, inspirados pela “história industrial, social, arquitectónica e cultural” da Covilhã. Os seus trabalhos podem ser vistos nas fachadas de vários edifícios do centro histórico. O Lata 65 realizou-se, pela primeira vez, na Covilhã e reuniu 18 pessoas num workshop de arte urbana pensado para maiores de 65. A indústria dos lanifícios, parte integrante da história da Covilhã, esteve sempre presente ao longo dos dias do festival: nas histórias que os antigos trabalhadores de fábricas contam, nos workshops, nas paredes intervencionadas.

Eu acho que