Luis Godinho

Concurso

Luís Godinho venceu o Sony Awars em Portugal com esta fotografia

Fotografia foi captada no Senegal, durante uma missão humanitária da Fundação Assistência Médica Internacional

Texto de Lusa • 17/04/2017 - 18:37

Distribuir

Imprimir

//

A A

O fotógrafo Luis Godinho foi o vencedor do Prémio Nacional de Portugal dos Sony World Photography Awards 2017, com a fotografia Janela, captada no Senegal, na aldeia de Parba, em Abril de 2016, numa missão humanitária da Fundação Assistência Médica Internacional (AMI) que o fotógrafo acompanhou. Nesta competição mundial de fotografia organizada pela Sony, cujos prémios serão anunciados esta quinta-feira, em Londres, são atribuídos anualmente prémios individuais em 10 categorias na competição Open, e também prémios nacionais, em 65 países. 

 

"Durante os dias em que os missionários estão a trabalhar, as crianças andam sempre por perto, e criam laços muito fortes. Na hora de despedida é um momento difícil e um aperto muito grande no coração. Nesta fotografia a menina está pendurada na janela do autocarro para ficar o mais tempo possível perto de nós", explica o fotógrafo num comunicado divulgado pela organização.

 

"Ter o meu trabalho reconhecido aqui, entre milhares de fotos é como se estivesse a viver um sonho, um orgulho e um privilégio. Fico muito grato por terem escolhido a minha fotografia, e por ter ganho este fantástico prémio. Sem dúvida que dá ainda mais alento e vontade de trabalhar, aumentado assim também a minha responsabilidade", comenta o vencedor português no mesmo texto.

 

Mais de 100 mil imagens

Nascido em 1983 em Angra do Heroísmo, nos Açores, Luis Godinho concluiu a licenciatura em Engenharia e Gestão do Ambiente na Universidade dos Açores, em 2009, dedicando-se à fotografia desde 2008, sobretudo de rua, de viagem e fotojornalismo. Ainda no Prémio Nacional de Portugal foram atribuídas distinções a Luis Pina, pela imagem "O Paraíso é uma Biblioteca" (2.º lugar), e a Nuno Teixeira, pela imagem "A Minha Musica para Ti" (3.º lugar).

 

Quanto à competição mundial por categorias, o júri selecionou os 10 vencedores entre 105.000 imagens enviadas pelos candidatos. Os vencedores são: Tim Cornbill (Reino Unido) na categoria de Arquitectura, Jianguo Gong (China), em Cultura, Lise Johansson (Dinamarca), em Ampliação, Camilo Diaz (Colombia), em Movimento, Hiroshi Tanita (Japão), em Natureza, Alexander Vinogradov (Rússia), em Retratos, Sergey Dibtsev (Rússia), em Natureza Morta, Constantinos Sofikitis (Grécia), em Fotografia de Rua, Ralph Gräf (Alemanha), em Viagem, e Alessandra Meniconzi (Suíça), em Vida Selvagem.

 

O trabalho vencedor de Luis Godinho será exibido ao lado das outras imagens vencedoras e premiadas do Prémio Sony World Photography Awards & Exposição Martin Parr — 2017, na Summerset House, em Londres, de 21 de Abril a 7 de Maio, e publicada no livro anual dos vencedores. Os vencedores globais dos Sony World Photography Awards  de 2017, organizado pela World Photography Organisation, serão anunciados a 20 de Abril.

 

 

Voltar ao topo

|

Corrige
Eu acho que