Orienta-te Redes Sociais

Estes veteranos lutaram pela URSS, pela Rússia e pela Ucrânia

autoria Igor Chekachkov

// data 09/06/2015 - 19:10

// 7569 leituras

Igor Chekachkov, o mesmo autor de "Daily Lives", já publicado no P3, é o autor desta série "Veterans", que faz o retrato de uma geração envelhecida de ex-militares que resistiu à Segunda Guerra Mundial. Todos os anos, em Maio, decorre uma marcha nas ruas de Kiev durante a qual se celebra a vitória e a paz. Na Ucrânia, existem 60 mil veteranos de guerra acima dos 85 anos de idade, que resistem ao tempo e mantêm viva a memória da guerra. 2015 é um ano especial, na Ucrânia, dada a ausência de paz. Em entrevista ao P3, o autor confessou: "Penso muito neles, ultimamente, porque lutaram pela URSS, pela Rússia e pela Ucrânia. Agora, existe uma guerra entre a Rússia e a Ucrânia. O que será que eles sentem, este ano, no dia da Vitória?" Igor resolveu fazer estas imagens ao aperceber-se de que muitos deles não terão já muito tempo de vida. "Todos os meses de Maio via-os e era algo normal para mim enquanto criança. Será que a próxima geração irá olhá-los do mesmo modo? Não estou seguro. Nem sequer acho que os irão ver. As fotografias que lhes tiro reflectem a forma como eu os via em criança. Não me apercebia, na altura, que tudo era tão colorido, como um monumento a uma tragédia passada. Este ano a marcha foi muito estranha: celebrámos o dia da vitória enquanto pessoas morrem noutra parte do país. Infelizmente, teremos novos veteranos no futuro." O autor disse à "Lens Culture" que "esta série é um tributo à mortalidade dos seres humanos e à fragilidade da memória que os leva de um campo de batalha para o seguinte." Ana Maia

Eu acho que