Orienta-te Redes Sociais
Os blocos de notas da "Colecção Escamas" são inspirados nas casas de ardósia <b>

Os blocos de notas da "Colecção Escamas" são inspirados nas casas portuguesas em ardósia DR

A "Sardinha em lata" é produzida a partir de latas de cerveja <b>DR</b>

A "Sardinha em lata" é produzida a partir de latas de cerveja desperdiçadas pela UNICER DR

Os guarda-sóis feitos de fundos de garrafas de plástico estiveram em exibição no "Serralves em Festa", em 2011 DR

Os lápis "Vestido" também existem na versão "Guimarães 2012" DR

DR

Eco-design

“CAIS Recicla” lixo em peças de eco-design

Na oficina da CAIS, no Porto, os desperdícios industriais são reaproveitados para darem forma a novos produtos e a novas vidas

Texto de Ana Melro • 29/08/2012 - 22:25

Distribuir

Imprimir

//

A A

Há blocos de notas feitos a partir de embalagens, lápis “Vestidos”, sardinhas “porta-chaves” e candeeiros e guarda-sóis aproveitados de garrafas plásticas. 

 

Tudo feito com materiais desperdiçados pela UNICER, sobre os quais, o projecto “CAIS Recicla”, criado em Maio do ano passado, transforma em peças de eco-design com uma nova utilidade.

 

Através desta iniciativa, a associação de solidariedade social, em parceria com a empresa de bebidas, pretendem apoiar a capacitação e a inserção social de pessoas em situação de pobreza ou exclusão social.

 

Tem sido uma “experiência é muito boa", admitem Cristina e Maria do Carmo, as artesãs da oficina do “CAIS Recicla”, no Porto. “Acaba por ser uma terapia porque descontrai e é quase como um puzzle que vamos construindo e, como com os lápis, se faz uma nova "roupagem", afirma Cristina. Aqui “esquecem os problemas, as tristezas, conversam, criam amizades e riem”, explica a coordenadora do projecto, Sandra Ramos, salientando a importância de haver “uma ocupação, algo que lhes de prazer”.

 

“O objectivo foi criar as peças, pensar, reutilizar os desperdícios industriais e dar formação aos utentes” para a produção dos artigos, explica a designer de “Bicho Sete Cabeças”, Madalena Martins, colaboradora da iniciativa.

 

Do lápis “Vestido” à “Sardinha em lata”

 

Os blocos de notas, da “Colecção Escama”, reaproveitados de embalagens de cartão de cerveja, são manufacturados através da técnica de escama de peixe que é “inspirada nas fachadas das casas portuguesas, forradas a ardósia”, explica Madalena Martins.

 

Já os lápis “Vestido” resultam de material desperdiçado da empresa portuguesa, Viarco, e de rótulos descontinuados de cerveja da UNICER. O mesmo conceito “é replicado para outras entidades”, refere, como é o caso da reutilização dos postais de divulgação de Serralves e da Capital Europeia da Cultura 2012, e dos alfinetes e imãs, em forma de guitarra, para o festival “Super Bock, Super Rock”.

 

“É uma forma de reaproveitar desperdícios das instituições, ao mesmo tempo que tem o lado social”, justifica a designer. Além disso, “os produtos são únicos e personalizados”.

 

Depois há as “Sardinhas em lata” e os “Bacalhaus de Portugal”, feitos a partir de latas de cerveja, cada qual com um conceito diferente. "E vou contando essas histórias com elas [as artesãs], ao mesmo tempo que lhes dou formação”, conta.

 

Da autoria da designer Gabriela Gomes foram expostos, no ano passado, guarda-sóis feitos a partir de fundos de garrafas de plástico, aquando o evento “Serralves em Festa”.

 

Por vezes há necessidade de recorrer a empresas externas “para acelerar o processo”, sobretudo no corte do material, explica Sandra Ramos, mas depois tudo o resto é produzido na oficina.

 

“São muito perfeccionistas”, garante Madalena Martins, para quem o projecto “CAIS Recicla” representa a união do lado social e do lado criativo. “Primeiro, sentimos que estamos a ajudar alguém a reconstruir uma vida nova”, e depois, “como designer, existe muito entusiasmo da forma como as coisas são produzidas”, revela.

 

Com rigor e “muita delicadeza”, os produtos resultam numa “reciclagem limpa e de qualidade”, para que cheguem às lojas especializadas.

 

Os produtos estão à venda online e em algumas cidades do país, entre as quais, Lisboa, Porto, Viana do Castelo, Guimarães, Ponte de Lima e, em breve, Coimbra e Viseu.

Eu acho que

Pub

Videoclipe.pt
Videoclipe.pt

Audio

Laura quer que as pessoas entrem no atelier dos artistas "com um clique"

Investigação

Um estudo desenvolvido com ratos mostrou que há factores externos que influenciam o aparecimento da puberdade. As alterações foram visíveis em ratos de sexo...

A realidade nua e crua de um parto...

Fotografia // "Alerta: um parto é acontecimento bonito, mas é também turbulento e...