Orienta-te Redes Sociais
Praça de Touros de Viana do Castelo

Praça de Touros de Viana do Castelo Nelson Garrido

Cultura

Uma praça de touros contra as touradas

A praça de touros de Viana do Castelo pode ser um “mural contra a tauromaquia”. Quem o diz é Tiago Arieira, um dos responsáveis pelo Movimento Viana Anti-touradas

Texto de João Eduardo Martins • 29/03/2012 - 11:27

Distribuir

Imprimir

//

A A

Revitalizar o exterior da praça de touros de Viana do Castelo é a proposta do movimento Viana Anti-touradas. “Queremos fazer um mural anti-touradas nas paredes exteriores da praça, para a transformar num ponto de atracção na cidade e levar as pessoas a olhar para este espaço de outra forma”, afirma Tiago Arieira, arquitecto que lançou o projecto em colaboração com a designer Cátia Lages.

 

Desde a aquisição pela Câmara de Viana do Castelo, em 2008, já foram pensados vários fins para a antiga praça, como a transformação num Museu de Ciência Viva ou na sede de um Centro do Mar. Contudo, nenhuma destas ideias avançou, o que despertou a imaginação do movimento vianense.

 

“Pensámos em aproveitar o facto de Viana ser a primeira cidade antitouradas do país, pegar num espaço que não está a ser usado e dar-lhe uma nova utilidade.” Com este ponto de partida, Tiago Arieira assume a vontade de “dar visibilidade à causa anti-tauromáquica e criar uma dinâmica que permitiria levar o nome da cidade além fronteiras”.

 

Concurso internacional

Para concretizar o mural e dar-lhe visibilidade fora de portas, o movimento ambiciona promover um concurso internacional em que é solicitado um projecto artístico “em prol dos animais e contra as touradas, mas de uma forma positiva”. “Queremos projectos com referências artísticas mas com uma carga positiva, à semelhança do nosso logótipo em que aludimos a um beijo entre o toureiro e o animal”, salienta Tiago Arieira.

 

O co-responsável pelo movimento realça ainda a ambição de transfigurar a antiga praça de touros num auditório para eventos opostos daqueles para que os quais foi construído: “Um edifício que foi desenhado com um objectivo [touradas] seria transformado num edifício referência contra a tauromaquia".

 

Viana Anti-touradas quer explorar de uma forma artística a reacção do público ao seu projecto. É uma iniciativa que une a arquitectura e o design e que procura surpreender, até na forma de obter apoios para a sua causa. Tiago Arieira refere que, numa primeira fase, o esforço passa pela divulgação da ideia do mural na Internet, que irá permitir uma maior “visibilidade” do movimento e, posteriormente, facilitar os “contactos directos com a Câmara e outras entidades que estejam interessadas em apoiar o projecto”.

 

Fonte do gabinete de imprensa da Câmara de Viana do Castelo confirmou ao P3 que, actualmente, a praça de touros não tem nenhum projecto definido, sendo um espaço que está a aguardar melhores dias, nomeadamente em termos financeiros. Sobre a proposta do movimento Viana Anti-touradas, a mesma fonte revelou que o executivo está receptivo para conhecer a iniciativa.

 

O mural anti-touradas na praça de touros de Viana do Castelo é um projecto que se afirma independente, sem fins lucrativos e que procura chamar a atenção da comunidade para a problemática das touradas, ao mesmo tempo que visa a dinamização da vida cultural da cidade minhota. Tiago Arieira espera que o projecto idealizado seja um marco importante da 1ª edição da Bienal de Arte, Arquitectura e Design de Viana do Castelo, que está prevista para Setembro de 2012.

Eu acho que

Pub

Videoclipe.pt

Documentário

Catarina David e Francisco Noronha são os autores de “Não consegues criar o mundo duas vezes”. Não é apenas um documentário — é um testemunho movido pelas viv...

A “maior arca fotográfica” quer...

National Geographic // É “a maior arca fotográfica do mundo” e chega pela primeira vez à Europa, mais...