Prémio

Cinco mil euros para o melhor design de livro

Prémio anual tem o valor de cinco mil euros e será atribuído pela Direcção-Geral do Livro dos Arquivos e das Bibliotecas. Serão ainda atribuídas duas menções honrosas

Texto de P3/Lusa • 29/11/2017 - 17:27

Distribuir

Imprimir

//

A A

Valorizar a criação artística do objecto livro. É este o objectivo do prémio, criado pelo Governo, que vai distinguir com cinco mil euros a obra com melhor design. Serão ainda atribuídos mais dois galardões, no valor de 1.500 euros cada.

 

O regulamento, publicado esta quarta-feira, 29 de Novembro, em Diário da República, entra em vigor na quinta-feira. Caberá à Direcção-Geral do Livro dos Arquivos e das Bibliotecas (DGLAB) dar todo o apoio técnico à sua realização, bem como suportá-lo financeiramente. 

 

O prémio terá uma periodicidade anual e quer valorizar áreas de criação directamente ligadas à produção do objecto livro, tais como o design, a qualidade de impressão e do acabamento, a concepção gráfica, a escolha e emprego de materiais.

 

Além do primeiro prémio para o melhor design, serão atribuídas duas menções honrosas e serão seleccionados, pelo mesmo júri, no máximo 20 livros portugueses para concorrerem à competição internacional Best Book Design From All Over The World, da fundação alemã Stiftung Buchkunst.

 

As obras enviadas para a competição internacional serão expostas nas feiras internacionais de Leipzig e de Frankfurt, após o que passam a fazer parte do acervo da Biblioteca Nacional Alemã de Leipzig. A obra a ser distinguida com o primeiro prémio será o "melhor livro com primeira edição portuguesa ocorrida nos doze meses anteriores à data de abertura do processo de concurso", de acordo com o regulamento.

 

Os candidatos podem ser designers, editores ou empresas gráficas e podem enviar até um máximo de três candidaturas, sendo a avaliação e escolha das obras feitas por um júri composto por quatro elementos, seleccionados "na qualidade de especialistas de reconhecido mérito nas áreas do design, concepção, indústria gráfica, edição, composição e fabrico de livro impresso".

Voltar ao topo

|

Corrige
Eu acho que