Porque uma prótese também pode ser "cool"

autoria P3

// data 22/06/2017 - 12:35

// 3652 leituras

Parar de esconder as próteses de membros e começar a celebrá-las: esta é a missão de "Alleles Design Studio", que aposta num design inovador que tem como objectivo tornar as próteses "cool". "Tentamos dar aos nossos clientes uma experiência nova e fortalecedora", disseram McCauley Wanner e Ryan Palibroda, os fundadores da empresa, ao blog do Instagram. "Somos artistas, não protésicos. Somos uma equipa de 'fahion junkies', totalmente obcecados por design. Quando criámos a Allleles, queríamos resolver um problema estético, não um problema prático. Numa indústria saturada da estética robótica e de formatos toscos, as nossas capas para próteses transformam algo mecânico em algo 'mecani-chic'." "Há pessoas que não se importam com o aspectio biónico e robótico das próteses, mas outras que pretendem recuperar, de algum modo, a silhueta corporal", disse McCauley à VICE. A empresa, sediada em Saskatchewan, faz cada capa de acordo com as medidas e o gosto de cada cliente e os preços podem variar de acordo com os materiais, os modelos e o grau de personalização. Capas 100% personalizadas podem atingir o valor de 1.330 euros.

Eu acho que