Chronicle Cremation Designs

Design

Esta caneca feita de cinzas é uma homenagem aos mortos

Designer norte-americano produz peças de cerâmica e joias com recurso a cinzas de mortos. Ideia é “inspirar novas perspectivas sobre a morte”

Texto de P3 • 05/12/2016 - 10:24

Distribuir

Imprimir

//

A A

Para que as memórias estejam sempre por perto, um designer norte-americano criou uma marca de peças de cerâmica e joias que utiliza cinzas no processo de produção. “Um suporte para velas feito com as cinzas de um ente querido é uma lembrança reconfortante da sua presença, uma caneca traz companhia para o teu café matinal e uma joia de cremação permite-te transportar uma lembrança subtil para onde quer que vás” — assim é descrita a missão da Chronicle Cremation Designs, empresa de Santa Fé, no Novo México.

 

A ideia é que as peças tenham um acabamento personalizado. Justin Crowe, o designer por detrás do conceito, mistura os restos mortais cremados num esmalte que utiliza para envernizar taças, vasos, suportes para velas, canecas, urnas e peças de joalharia. “Uma vez levado a uma fornalha, o esmalte passa a ser seguro para comida e bebida, o que significa que talvez possas beber um café com uma aura da avó ou usar o velho tio Bernard para servir batatas assadas”, escreve o Guardian.

 

Tudo começou, conta Justin Crowe ao jornal britânico, com um projecto artístico no qual utilizou uma mistura de cinzas de mais de 200 pessoas numa colecção de louça chamada Nourish (“nutrir”, em português), na qual serviu comida numa festa. “Queria criar um serviço de louça que infundisse um sentido de mortalidade no quotidiano”, explica.

 

A surpreendente reacção positiva dos amigos, que lhe pediram para criar peças a partir dos restos mortais de familiares, levou à criação da Chronicle Cremation Designs.

 

Para um esmalte personalizado, Justin necessita de cerca de 100 gramas de cinzas (um corpo humano adulto gera, normalmente, entre 1,8 a 2,7 quilogramas de cinzas, diz o Guardian). Garantida está a invisibilidade das cinzas no produto final, uma vez que as cinzas se derretem na fornalha até se tornarem parte do revestimento cerâmico.

 

O designer já foi ameaçado e viu a legalidade do negócio ser questionada. Houve quem citasse a Bíblia e garantisse que vai “para o inferno”. “Mas pouco depois há alguém que me contacta e diz que é um projecto realmente bonito.”

 

As encomendas podem ser feitas online, através do site da Chronicle Cremation Designs. Os preços começam nos 178 euros (pendente para colar) e podem chegar aos 798 (duas garrafas de cerâmica).

Voltar ao topo

|

Corrige
Eu acho que