Orienta-te Redes Sociais

Terracota feita à mão, à revelia do mundo

autoria Joana Pinto Coelho

// data 25/09/2012 - 11:40

// 26179 leituras

Joana Pinto Coelho não esperava encontrar o que encontrou. Aluna finalista no mestrado de Arquitectura, estava a fazer uma pesquisa quando deu de caras com a Terracota do Algarve, uma pequena fábrica de ladrilhos e revestimentos cerâmicos, localizada em Vale das Mealhas, São Brás de Aportel, a laborar há 20 anos. É uma das poucas que ainda sobrevive. Aqui quase tudo é artesanal, quase tudo é feito à mão — há máquinas apenas para produzir argila e triturar as cinzas, um processo necessário para o fabrico. Num dia bom, das mãos escuras destes trabalhadores saem 650 peças, provavelmente encomendadas por estrangeiros residentes no Algarve e no Alentejo, à procura de elementos tradicionais para a construção das suas segundas casas. Pela lente de Joana passou a micro-produção dos ladrinhos de Santa Catarina, tão típicos desta zona.

Eu acho que