DR

Arquitectura

Esta biblioteca chinesa tem “Olho” para o futuro

Mais de um milhão de livros estão dispostos pelas cinco longas estantes que circundam o “Olho” central, numa biblioteca chinesa construída com uma visão futurista

Texto de P3 • 15/11/2017 - 16:48

Distribuir

Imprimir

//

A A

Quando pensamos em bibliotecas, a imagem que recorrentemente surge na nossa cabeça é a de um edifício antiquado, escuro e parado no tempo. Mas esta é uma ideia que está a ser contrariada no nordeste da China, onde a Biblioteca Pública de Tianjin Binhai define um conceito totalmente diferente e voltado para o futuro.

 

Desenhado pelo grupo de arquitectos holandês MVRDV, em conjunto com o Instituto de Design e Planeamento Urbano de Tianjin, o edifício acolhe mais de um milhão de livros, estando concluído depois de três anos de trabalho. Quem olha de fora percebe o formato de olho humano criado pela disposição das estantes, tudo planeado para conceber uma visão futurista à entrada da biblioteca.

 

Este centro de educação comporta cinco níveis, a que se podem chamar estantes, e que acompanham a forma esférica do “Olho” — uma esfera espelhada com um auditório que ocupa o centro do edifício. Além de um complexo educativo e uma biblioteca, esta é uma obra que procura atrair pelas suas formas e design moderno, com áreas de lazer entre as estantes.  

 

A entrada da Biblioteca Pública de Tianjin Binhai é também a entrada para um projecto maior. Tianjin pretende criar um bairro cultural e o edifício que alberga mais de um milhão de livros servirá como elo de ligação entre o parque da cidade e a futura zona cultural.   

Voltar ao topo

|

Corrige
Eu acho que