Orienta-te Redes Sociais

Prémio de Arquitectura de Baku destaca portugueses

autoria Vários

// data 15/10/2015 - 12:30

// 13601 leituras

Os arquitectos portugueses Raulino Silva, Humberto Conde, Miguel Marcelino, Vasco Matias Correia e Tiago Reis de Oliveira foram distinguidos na segunda edição do Prémio de Arquitectura de Baku, no Azerbaijão. Na categoria de melhor projecto de arquitectura paisagista, Raulino Silva venceu o primeiro ligar com a ampliação de um cemitério em Vila do Conde. Já Humberto Conde recebeu duas distinções: segundo lugar para "Ocean Platform Prison Outsiders.in", projecto não realizado, e terceiro lugar em edifícios residenciais com os Terraços de Cascais. Nesta última categoria, Miguel Marcelino e a sua casa com três pátios ficou em segunda posição. No âmbito de reabilitação e reconstrução, Vasco Matias Correia (Camarim Arquitectos) alcançou o terceiro lugar com a Casa Tropical. O Pátio Huguenot, de Tiago Reis de Oliveira, não foi além da terceira posição na categoria de edifícios públicos. Esta não é a primeira vez que arquitectos portugueses são distinguidos no Prémio de Arquitectura de Baku. Já em 2013, aquando da primeira edição, Camilo Rebelo, Tiago Pimentel e Raulino Silva constaram da lista de vencedores.

Eu acho que